Menu

Valterlucio B. Campelo

De xandão a Bastiat

Em um momento de genialidade dilmesca o ministro do STF, Alexandre Morais, hoje mais conhecido como “xandão”, disse ao universo da Academia Paulista de Letras

Contra a pior das ditaduras

Os últimos dias foram, no mínimo, excitantes. Além das questões internacionais como a invasão russa na Ucrânia e a resistência da Big Pharma que insiste

No agro, um Acre em transição

Com a abertura da janela partidária, na prática foi dado início ao período eleitoral, pois as mudanças ocorrem basicamente em vista das possibilidades de alianças

De novo e sempre, a liberdade

O tempo, Senhor da razão, vem aos poucos clareando as coisas e, de vez em quando, derrubando narrativas que surgiram com status de sentença irrecorrível

Um poema para a Ucrânia

Decorridos quase três anos desde que, generosamente, este site ac24horas me cede o espaço de uma coluna semanal – já são 128 artigos publicados às

Toda vitória limpa será aplaudida

Recebi nesta quarta-feira um pequeno vídeo enviado por um amigo, no qual a bancada de jornalistas da ex-TV trata da tragédia de Petrópolis e, num

Holocausto, Holodomor… Nunca mais!

O dia 27 de janeiro foi escolhido pela Organização das Nações Unidas, como o Dia Internacional da Lembrança do Holocausto. A data é a da

A formação de massa precede a tirania 

Nos últimos dias, dois depoimentos de um mesmo homem me chamaram muito a atenção, embora pertençam a uma área do conhecimento que efetivamente não domino,

De xandão a Bastiat

Em um momento de genialidade dilmesca o ministro do STF, Alexandre Morais, hoje mais conhecido como “xandão”, disse ao universo da Academia Paulista de Letras

Contra a pior das ditaduras

Os últimos dias foram, no mínimo, excitantes. Além das questões internacionais como a invasão russa na Ucrânia e a resistência da Big Pharma que insiste

No agro, um Acre em transição

Com a abertura da janela partidária, na prática foi dado início ao período eleitoral, pois as mudanças ocorrem basicamente em vista das possibilidades de alianças

De novo e sempre, a liberdade

O tempo, Senhor da razão, vem aos poucos clareando as coisas e, de vez em quando, derrubando narrativas que surgiram com status de sentença irrecorrível

Um poema para a Ucrânia

Decorridos quase três anos desde que, generosamente, este site ac24horas me cede o espaço de uma coluna semanal – já são 128 artigos publicados às

Toda vitória limpa será aplaudida

Recebi nesta quarta-feira um pequeno vídeo enviado por um amigo, no qual a bancada de jornalistas da ex-TV trata da tragédia de Petrópolis e, num

Holocausto, Holodomor… Nunca mais!

O dia 27 de janeiro foi escolhido pela Organização das Nações Unidas, como o Dia Internacional da Lembrança do Holocausto. A data é a da

A formação de massa precede a tirania 

Nos últimos dias, dois depoimentos de um mesmo homem me chamaram muito a atenção, embora pertençam a uma área do conhecimento que efetivamente não domino,

De xandão a Bastiat

Em um momento de genialidade dilmesca o ministro do STF, Alexandre Morais, hoje mais conhecido como “xandão”, disse ao universo da Academia Paulista de Letras

Leia mais »