Menu

Com o STF, PGR e PF nos calcanhares, o mito vem aí

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Ao longo de seus quatro anos como presidente da república, Jair Messias Bolsonaro teve uma atuação limitada no Acre, sem avanços em habitação popular e com manutenção insuficiente das rodovias federais, entre outras questões. No entanto, sua retórica focada em Deus, pátria e família atraiu mais de 70% dos eleitores acreanos. A fala de Bolsonaro gerou uma fascinação, fenômeno comum em tempos de agitação permeados por violência, ignorância e corrupção.


Ele tem a capacidade de expressar o que as pessoas querem ouvir, gerando assim uma paixão. Como o poeta Vinícius de Morais disse de forma perspicaz, paixão é algo que se vive, não que se explica. Portanto, apesar da escassez de ações impactantes para o Acre durante seu mandato, é provável que Bolsonaro seja recebido com uma grande carreata em sua visita. Sim, a figura do “mito” está a caminho com o STF, PGR e PF  nos seus calcanhares! Passará 48 no Acre, nos dias 21 e 22 de março. E agora José, como vai ser?! Vai ter carreata?


“Eu sempre atuei dentro das quatro linhas da constituição e lá prevê estado de sítio, mas não apliquei, nem golpe”. (Bolsonaro)


. O jogo entre os deputados Emerson Jarude e Wendy Lima está empatado em 01 a 01; a bola agora está com o Jarude…


. Está ou não no Acre (não sendo prefeito) é o menos importante!


. O senador Alan Rick, do União Brasil, coordenador da bancada federal acreana, por exemplo, faz a articulação certa para que o governo federal dê a devida atenção aos que sofrem com a alagação.


. É um senador de oposição, mas, no caso, quando é para socorrer pessoas em uma tragédia a ideologia fica em terceiro plano.


. O governador Gladson Cameli (PROGRESSISTA) também está tendo uma boa atuação na ajuda aos alagados.


. Quanto aos prefeitos, a hora é de trabalhar e não de ficar se lamentando, reclamando ou chorando;


. Como diz o Macunaíma, “caindo pelas tabelas”.


. A postura do governador Gladson e do então secretário de Saúde Alysson Bestene, é um exemplo de liderança que se viu na pandemia da Covid-19.


. “O infante depois de morto ainda rasteja três dias”. (Coronel Daniel Jordão, nos tempos áureos da PM.


. Hoje é um pastor que transborda amor ao próximo; amor de Cristo.


. O prefeito Tião Bocalom está de mudança para o PL levando malas, a cuia, martelo e o serrote.


. Política é isso!


. Macunaíma, perguntaram se você quando era deputado ficava dando uma de herói no meio da alagação?


. “Se tivesse feito essas papagaiadas, essas presepadas talvez ainda estivesse no mandato”.


. Tá respondido!


. Mas tem gente boa trabalhando na alagação?


. Tem sim, muitos heróis anônimos!


. Bom dia!