Menu

PF apreende rádios, armas, coletes e munição em operação na Terra Indígena Yanomami

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

A Polícia Federal (PF) deu início a mais uma ação de combate ao garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami, em Roraima.


Os agentes apreenderam nesta quarta-feira (17) armas, rádios comunicadores, munição, coletes à prova de balas e destruíram um acampamento de garimpeiros ilegais que voltaram para o território.

Publicidade

A operação conta com apoio das Forças Armadas e, segundo a PF, os agentes vão realizar uma nova rodada de ataques aos garimpos ilegais que atuam dentro da Terra Indígena Yanomami, com destruição de acampamentos ilegais ou outros pontos de auxílio que encontrarem.


Em dezembro passado, a PF deflagrou uma operação para desarticular um esquema de financiamento e exploração ao garimpo ilegal na região. Quatro pessoas foram presas e a Justiça Federal também determinou o bloqueio de R$ 240 milhões dos investigados.


Para a PF, esse é o lucro que o grupo teria tido com extração ilegal no território indígena.


As investigações identificaram transações financeiras relacionadas à venda de cassiterita extraída ilegalmente da região para um dos maiores produtores mundiais de estanho (metal). As investigações apontam que apenas em um período de cinco meses, em 2021, mais de R$ 166 milhões de cassiterita teriam sido comprados.


A CNN apurou com integrantes da PF de Roraima que novas ações serão feitas no mesmo sentido no combate ao garimpo ilegal.


Fonte: CNN Brasil


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido