Conecte-se agora

Adolescente trai sua facção e é morto com três tiros na Baixada da Sobral

Publicado

em

O adolescente Saymon Medeiros da Silva Freitas, de 16 anos, foi morto com três tiros em via pública no final da tarde desta quinta-feira, 24, na rua Alan Vitor, no Bairro São Sebastião na região da Baixada da Sobral em Rio Branco.

De acordo com informações da Polícia, Saymon estava caminhando na rua quando foi abordado por um membro de uma organização em uma motocicleta. O criminoso em posse de uma arma de fogo efetuou vários tiros e a vítima foi atingida com três projéteis na região do abdômen e cabeça. Mesmo ferido Saymon ainda conseguiu correr cerca de aproximadamente 50 metros e caiu. Após a ação o autor do crime fugiu do local.

Populares acionaram ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas quando os paramédicos chegaram ao local nada puderam fazer por Saymon que já se encontrava morto.

Policiais Militares estiveram no local e isolaram a área para os trabalhos do Perito em criminalística, em seguida fizeram patrulhamento na região em busca de prender o criminoso, mas ele não não foi encontrado.

A Polícia acredita que a motivação do crime está relacionado a guerra entre organizações criminosas, uma vez que Saymon que era membro de uma facção havia “rasgado a camisa” e entrado em outra facção.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Cotidiano

MP do Acre deflagra operação contra organização criminosa com origem no Rio de Janeiro

Publicado

em

A operação batizada de “Red Card”, deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por meio do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em conjunto com a Polícia Militar do Estado do Acre, cumpriu seis mandados judiciais expedidos pela Vara de Delitos de Organização Criminosa.

Posta em ação nesta sexta-feira (25), a operação “Red Card” tem como objetivo desarticular o núcleo de uma organização criminosa com origem no Rio de Janeiro e atuação no estado do Acre que vinha se fortalecendo através da aquisição de armas de fogo e do tráfico de drogas.

De acordo com o MPAC, evidências digitais encontradas em operações anteriores demonstraram que os investigados possuíam forte atuação dentro da organização criminosa e vinham atuando ativamente no confronto entre facções no Acre.

Operação “Red Card”

O nome da Operação Red Card ( cartão vermelho) denota o objetivo dos trabalhos: retirar de circulação criminosos que vinham causando intranquilidade no seio social.

Continuar lendo

Cotidiano

Polícia combate onda de assaltos na zona rural de Acrelândia e Plácido de Castro

Publicado

em

Na manhã desta sexta-feira, 25, a Polícia Civil do Acre deflagrou operação com o cumprimento de oito mandados judiciais e prendeu três pessoas envolvidas em roubo de veículos na região rural dos municípios de Acrelândia e Plácido de Castro.

Durante a ação, foram presas três mulheres: M. D. S., 25 anos; S. B. M., 30 anos; e A. K. S. D. C., 28 anos. De acordo com a investigação, elas fazem parte de uma mesma quadrilha que age no cometimento de ações criminosas na região, dedicada ao roubo de veículos.

Outros investigados não foram encontrados durante a ação policial, pois provavelmente estão abrigados na Bolívia.

A operação policial acontece em razão do aumento de roubos de veículos naqueles municípios, que tem como principal destino a Bolívia, onde são trocados por drogas.

Além desta operação da Polícia Civil, a Segurança Pública do Estado do Acre reforçou o policiamento ostensivo na área rural da cidade de Acrelândia e na ponte que dá acesso ao país vizinho para impedir a prática dos crimes.

A Polícia Militar e a Polícia Civil irão desenvolver ações nos ramais das duas cidades para conter a onda de violência que vem ocorrendo na zona rural naquela região do estado.

A Segurança Pública, com apoio do Ministério da Justiça, anunciou que vem reforçando o policiamento por meio de planejamento estratégico e execução ações que visam neutralizar crimes transfronteiriços, sobretudo o tráfico de drogas.

Continuar lendo

Cotidiano

Operação prende seis pessoas envolvidas com onda de crimes em Epitaciolândia e Brasiléia

Publicado

em

Nas primeiras horas desta sexta-feira, 25, a Polícia Civil em Brasiléia e Epitaciolândia, com apoio da delegacia de Xapuri, do Departamento de Polícia Civil da Capital e do Interior (DPCI), e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE), deflagrou “Operação Controle”, coordenada pelo delegado Bruno Coelho, que culminou com a prisão de seis pessoas envolvidas nas ações criminosas cometidas nos últimos dias nos municípios.

De acordo com a Assessoria de Comunicação da Polícia Civil do Acre, o trabalho investigativo da Polícia Judiciária já identificou os demais envolvidos nos ataques e busca a captura desses indivíduos. “O conjunto de ações desenvolvidas pelas forças de segurança em área de fronteira permanece com o intuito de conter a violência responsabilizar seus autores. Durante a operação foi possível apreender armas, drogas, munições e anotações as quais vinham determinando os ataques”, diz a Assessoria.

Prisões feitas pela Operação Controle:

R. P. T. da C., 40 anos;

P. R. E. de C., 41 anos;

C. C. do N., 51 anos;

S. J. da S. S., 40 anos;

R.S.M, 27 anos;

D.A.A, 21 anos.

As cidades acreanas que fazem fronteira com a Bolívia vêm sendo assoladas por uma recente onda de violência. A Polícia Civil do Estado do Acre reforçou o policiamento na região, sufocando ações criminosos e obtendo êxito em apreender diversas armas de fogo, munições, além de retirar de circulação indivíduos de alta periculosidade.

O Ministério da Justiça, através da Operação Hórus, Programa Guardiões da Fronteira, vem prestando amplo auxílio a Polícia Civil do Estado do Acre.

Apreensões feitas pela Operação Controle:

– Espingarda, sem numeração aparente – R$ 3.000,00

– Pistola Taurus, modelo G2C – R$ 4.000,00

– 43 munições calibre 9mm – R$ 215,00

– Cinco aparelhos celulares – R$ 7.000,00

– 485,00 (quatrocentos e oitenta e cinco reais)

– 25g de cocaína – R$ 250,00

Continuar lendo

Cotidiano

Neymar e Danilo não jogam mais pela Seleção na primeira fase da Copa do Mundo

Publicado

em

O lateral-direito Danilo e o atacante Neymar estão fora dos próximos dois jogos da Seleção na primeira fase da Copa do Mundo do Catar. O Brasil enfrenta a Suíça na segunda-feira, às 13h (de Brasília) e Camarões, na sexta, às 16h.

Com lesões nos tornozelos, Neymar e Danilo fizeram exames de imagem na manhã dessa sexta-feira e já iniciaram sessões de fisioterapia.

Ambos se machucaram no segundo tempo da partida contra a Sérvia. O camisa 10 teve de ser substituído, enquanto o lateral seguiu em campo até o fim.

Volte em instantes para mais informações.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.