Conecte-se agora

Helicóptero que caiu no Acre estaria transportando peso acima da capacidade

Publicado

em

A coordenadora do Distrito Sanitário Especial Indígena – Dsei do Alto Juruá, Iglê Monte, disse que 6 das 7 pessoas que estavam no helicóptero que caiu neste domingo, 8, e que estão no Hospital do Juruá em Cruzeiro do Sul, passam bem. O mecânico permanece no local da queda porque não consegue andar e será resgatado por um helicóptero do Ciopaer nesta segunda-feira, 9.

Iglê conta que quando chegaram ao Hospital do Juruá, às 2h45 da madrugada, as crianças foram colocadas no oxigênio, mas agora já estão bem. “Eles não tiveram piora do quadro e não precisam mais de oxigênio. O piloto e o técnico em enfermagem também estão com bom quadro de saúde”, relata ela, que acompanhou o resgate junto com o Corpo de Bombeiros na madrugada.

Com relação à empresa dona do helicóptero, Iglê cita que a sede é no Estado do Rio de Janeiro e que o contrato com o Dsei teve início no dia 5 de Janeiro deste ano. Ela não cita o valor do contrato. “Eu só posso falar sobre o estado de saúde das pessoas, mas não sobre o helicóptero”, pontua.

O caso

Uma médica que está na Terra Indígena Terra Nova a serviço do Dsei pediu a remoção das duas crianças da etnia Kulina com suspeita de pneumonia para o Hospital do Juruá em Cruzeiro do Sul. O helicóptero com o piloto, o mecânico e o técnico em enfermagem, saiu de Cruzeiro do Sul as 8h30 da manhã. Na volta, com 7 pessoas a bordo, a aeronave caiu em uma área de floresta próximo ao Rio Crôa. O piloto Rodrigo e o técnico em enfermagem, João Gomes, andaram mais de três horas e foram levados por moradores da região até o Hospital do Juruá.

As equipes do Corpo de Bombeiros de Cruzeiro do Sul seguiram para o local em busca das outras 5 pessoas mata adentro e as 2:45 da manhã chegaram à cidade e levaram as crianças e os pais para o Hospital do Juruá. O mecânico, que não consegue andar, ficou no local e será resgatado pelo helicóptero do Ciopaer.

“É estranho”

Uma pessoa ligada ao caso, mas que prefere não se identificar cita situações estranhas como fato da aeronave ter capacidade para transportar 5 pessoas e estar com 7 na hora do acidente.

“A aeronave é para 5 pessoas. Tudo bem que eram duas crianças pequenas, mas mesmo assim é estranho por que deveria ter também um mínimo de bagagem na aeronave .Outro fato que chamou atenção foi que deixaram 2 crianças com pneumonia na mata até de madrugada alegando que os pais deles ficariam no local com o mecânico porque já têm costume com a floresta. Aí para buscar o mecânico apareceu o helicóptero do Ciopaer, mas as crianças, que eram o objetivo da viagem, foram tiradas da mata no colo dos bombeiros. Porque os primeiros que saíram do local não trouxeram as crianças de dia para a cidade?”, questiona.

Destaque 4

Morte por raiva humana em Cobija coloca Pando, na fronteira com o Acre, em alerta

Paciente era uma pessoa em situação de rua, de 52 anos, que esteve 21 dias internado

Publicado

em

O departamento de Pando está em alerta sanitário, segundo o jornal El Deber, de Santa Cruz de La Sierra, após a confirmação de uma morte por raiva humana em Cobija.

O diretor do Serviço Departamental de Saúde (Sedes) de Pando, Danny Hugo Mendoza, confirmou o falecimento do paciente, ocorrido na manhã desta quarta-feira, dia 17, à rádio El Deber.

De acordo com Mendoza, o paciente morto tinha 52 anos e vivia em situação de rua. O caso foi detectado em um bairro de Cobija, onde a vítima morava.

“Foi tratado como uma doença infecciosa. No entanto, após 20 dias apresentou um problema neurológico, pelo qual se suspeitava tratar-se de raiva humana. A amostra foi colhida e enviada ao Inlasa (em La Paz) onde confirmaram a hipótese”, revelou Mendoza.

As autoridades investigam uma possível transmissão do vírus através da picada de um morcego, uma vez que o paciente era sem-abrigo e não tinha antecedentes de ataques de cão ou gato.

“Suspeita-se que a raiva tenha sido transmitida por mordida de morcego, já que ele não mencionou ter sido atacado por um cão ou gato”, insistiu Mendoza.

Ainda segundo as informações, na localidade Santa Lúcia há dois casos suspeitos de raiva selvagem. Eles foram atacados por macacos. O estado de Pando está em alerta e iniciará a vacinação em massa nesta sexta-feira, dia 19.

O responsável pela Epidemiologia do Sedes, Cristian Soruco, informou que ambos os pacientes receberam o esquema de vacinação contra a doença e que as 12 pessoas que também foram atacadas por animais selvagens estão em tratamento médico.

Há 50 anos não era registrado um caso de óbito pela doença naquela região.

Continuar lendo

Destaque 4

Criança que teve contato com argentinos tem nova suspeita de “varíola dos macacos” no Acre

Publicado

em

O estado do Acre recebeu a notificação de um caso suspeito de Monkeypox no município de Xapuri. Trata-se de uma criança de 4 anos do sexo masculino, residente de Xapuri, que foi atendida nessa quarta-feira (17) apresentando erupções cutâneas pelo corpo.

A mãe relata contato com parentes recém-chegados da Argentina. Nenhum contato apresenta sintomas. Foi realizada coleta de amostra laboratorial e o paciente segue em isolamento domiciliar.

O CIEVS ACRE, CIEVS Fronteira e Vigilância Epidemiológica do município seguem com acompanhamento e investigação do caso.

Agora, o estado do Acre segue com um caso positivo em Rio Branco, que já está de alta médica, oito casos suspeitos residentes do estado do Acre, sete em Rio Branco e um em Xapuri, e um residente de outro estado aguardando resultado em Rio Branco.

Continuar lendo

Destaque 4

ac24horas irá sabatinar candidatos ao governo e senado no Acre entre os dias 29 a 13 de setembro

Publicado

em

O ac24horas irá promover a tradicional sabatina com os 7 candidatos ao governo do Estado do Acre e os 9 candidatos ao senado federal. Na tarde desta quarta-feira, 17, os representantes dos postulantes aos cargos se reuniram com o editor-chefe do jornal, Marcos Venicios, para definir as regras da sabatina que irá ocorrer entre os dias 29 de agosto a 13 de setembro. A transmissão das entrevistas será feita nas páginas do ac24horas no Facebook e YouTube a partir das 19:30h.

Regras da Sabatina

De acordo com o documento elaborado pela direção do jornal, o candidato deve chegar à sede do jornal ac24horas com 30 minutos de antecedência no dia sorteado para a sabatina, acompanhado de no máximo dois assessores.

Os candidatos ao senado e governo serão entrevistados separadamente, um em cada dia, por jornalistas do ac24horas e responderão também perguntas de internautas gravadas em vídeo. A sabatina será focada nas propostas e planos de governo do referido candidato ao governo e senado com as temáticas Saúde/Educação, Infraestrutura/Geração de Emprego e Segurança Pública. Haverá também perguntas de tema livre, embasadas em materiais publicados pelo jornal ac24horas.

Os ataques pessoais à honra dos adversários serão analisados pelo Departamento Jurídico do jornal e facultado um possível pedido de direito de resposta.

Os entrevistadores escalados serão os jornalistas Luis Carlos Moreira Jorge, do Blog do Crica, Astério Moreira, da Coluna do Astério, e o jornalista Leônidas Badaró.

Ordem da sabatina dos candidatos ao Senado da República

Dia 29 de agosto: Vanda Milani (PROS)

Dia 30 de agosto: Ney Amorim (Podemos)

Dia 31 de agosto: Jenilson Leite (PSB)

Dia 1 de setembro: Dr. Carlos Beyruth (PSDB)

Dia 2 de setembro: Alan Rick (UB)

Dia 3 de setembro: Sanderson Moura (PSOL)

Dia 4 de setembro: Nazareth Araújo (PT)

Dia 5 de setembro: Dimas Sandas (AGIR)

Dia 6 de setembro: Marcia Bittar (PL).

Ordem da sabatina dos candidatos ao governo

Dia 7 de setembro: governador Gladson Cameli (PP)

Dia 8 de setembro: David Hall (AGIR)

Dia 9 de setembro: Márcio Bittar (UB)

Dia 10 de setembro: Mara Rocha (MDB)

Dia 11 de setembro: Sérgio Petecão (PSD)

Dia 12 de setembro: Professor Nilson Euclides (PSOL)

Dia 13 de setembro: Jorge Viana (PT)

Continuar lendo

Destaque 4

Em Feijó, parentes de morto brigam após sepultamento ainda dentro do cemitério

Publicado

em

Um vídeo postado nos stories de um usuário do Instagram em Feijó mostra uma briga envolvendo várias pessoas dentro do cemitério da cidade.

Pelo que se pode captar no áudio que acompanha o vídeo, a confusão é protagonizada por parentes de um falecido que acabava de ser sepultado.

O ac24horas entrou em contato com o delegado Railson Ferreira, titular da cidade, que confirmou o caso inusitado e disse que investigará o que ocorreu.

Segundo o delegado, o desentendimento realmente ocorreu entre familiares do morto, que foi vítima de homicídio na zona rural do município.

Com relação ao crime, Railson Ferreira também informou que os trabalhos investigativos estão em andamento. Ainda de acordo com ele, esse foi 13° homicídio registrado em Feijó neste ano.

Assista ao vídeo:

play-rounded-fill
Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.