Menu

Pesquisar
Close this search box.

Petista Sibá Machado aproveita Semana Santa para criticar religiosos do sistema

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O ex-deputado federal pelo PT, Sibá Machado, aproveitou a Sexta-Feira da Paixão, 15, para falar de religião.


Apresentando A Torá, como é chamada a Bíblia Hebraica, o Alcorão, que contém os textos sagrados do Islamismo e a Bíblia Sagrada, base do Cristianismo, Sibá aproveitou para falar sobre as religiões e não deixou de criticar as que defendem o que ele chamou de sistema. “A religião não pode colaborar com o sistema, a religião tem que ensinar as pessoas, educá-las para fazer o bem e todos aqueles que tentam praticar o mal tem que receber algum tipo de disciplina”, disse Sibá.


Apesar de não ter feito nenhuma citação específica, vale ressaltar que o presidente Jair Bolsonaro, que se configura como o grande adversário para que o PT volte a governar o Brasil, foi eleito com ampla maioria de votos no segmento evangélico e conta com o apoio dos principais líderes evangélicos do país.

Anúncios


“Deus é misericordioso é que o mais se encontra nesses três livros. É um ser que está acima do bem e do mal e que trabalha para o bem das pessoas. Quando eu vejo a situação do Brasil hoje eu me pergunto porque tanta maldade, porque Deus permite que as pessoas passem fome, o racismo violento no Brasil, de tanta gente falando em matar e comprar armas, será que Jesus Cristo vai voltar aqui de novo. Jesus foi morto porque questionava o poder, porque fez uma crítica profunda ao Império Romano”, completa Sibá ao dizer que religião não pode defender o sistema.


Veja o vídeo:

video
play-sharp-fill


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido