Conecte-se agora

Mailza, Márcia, Jéssica, Alan e Vanda em rota de colisão política

Publicado

em

Não há o menor consenso para se chegar em 2022 com uma candidatura única a senador entre os que venceram as eleições em 2018, derrotando a FPA depois de 20 anos no poder. A guerra entre os principais grupos políticos que almejam o Senado está declarada no Acre. PROGRESSISTA, MDB, SOLIDARIEDADE, DEM E MÁRCIA BITTAR (Sem partido) estão em rota de colisão. Os interesses são contraditórios e conflitantes. No centro do debate está o governador Gladson Cameli (Progressistas), que terá a árdua tarefa de pacificar (ou não) sua base de apoio político. Para Gladson, quanto mais cabras, mais cabritos. A questão é que na chapa majoritária da sua reeleição só cabe um candidato ao Senado e dois suplentes. A vaga de vice-governador pode ser útil na composição, mas trata-se de uma escolha pessoal, muito embora também seja política.

MAILZA GOMES (PROGRESSISTA) – A senadora Mailza Gomes, do PP, é a mais bem articulada em termos partidários. Controla praticamente 100% do diretório regional do partido do governador Gladson Cameli. Portanto, não há meios legais de removê-la da ideia, já que a direção nacional também avaliza sua candidatura. Mailza chegou ao Senado como 1ª suplente de Gladson Cameli. Será sua primeira experiência nas urnas. Já declarou que não aceita retirar seu nome para nenhum tipo de composição do PROGRESSISTA com outros partidos.

MÁRCIA BITTAR – A ex-mulher do senador Márcio Bittar, Márcia Bittar, ainda sem partido, deverá concorrer ao Senado pelo Republicano ou qualquer outra sigla liderada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Márcio pressiona o governador Gladson Cameli para que ela seja a candidata oficial do governo, muito embora, afirme que a candidatura da ex-companheira não depende do governador para nada. Bittar também tenta colocar a imagem de Bolsonaro a Márcia que, no caso, seria a representante oficial do Bolsonarismo no Acre.

JÉSSICA SALES – Com o capital político que tem, o ex-deputado e ex-prefeito Vagner Sales, comandante do MDB no Vale do Juruá, vem com a faca nos dentes e sangue no olho para fazer da filha, deputada federal Jéssica Sales, candidata ao Senado pelo MDB. Sales está numa posição estratégica privilegiada, face a polarização que poderá ocorrer entre o governador Gladson Cameli e o senador Sérgio Petecão. Vagner não quer saber quem é o santo, quer ver Jessica em uma chapa majoritária.

VANDA MILANI – A deputada federal Vanda Milani, que deverá migrar para seu novo partido, o SOLIDARIEDADE, tem dito que disputará o Senado. No debate pela vaga principal na chapa do governador Gladson Cameli entre Mailza e Márcia Bittar, Vanda não tem a menor chance. O seu principal objetivo é eleger o filho deputado federal contribuindo também para que o partido possa eleger deputados estaduais fiéis ao grupo. Há quem diga que Vanda poderá renunciar à pretensão como fez com a candidatura à prefeitura de Rio Branco no ano passado.

ALAN RICK – O deputado federal Alan Rick (DEM) é signatário da proposta de mudança que derrotou o PT em 2018. Também se lançou candidato ao Senado. Assim como Jessica e Vanda Milani, Alan corre por fora, já que (volto a dizer) a disputa entre Mailza e Márcia parece ter se cristalizado dentro do governo. Alan joga com as fichas que tem: um eleitor segmentado e boa posição em pesquisas eleitorais.

“Um idiota é um idiota, dois idiotas são dois idiotas, dez mil idiotas formam um partido político”. (Franz Kafka)

. No campo oposto ao do governo, disputam o Senado Jorge Viana (PT) e Sanderson Moura (PSOL).

. A eleição para o Senado será uma das melhores dos últimos tempos!

. Para presidente da república, também!

. O ministro Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD, é um dos articuladores da terceira via, tendo o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, como pré-candidato a presidente da república.

. O boi dança?!

. Com o cachimbo da paz fumado entre as organizações criminosas a população tornou- se o principal alvo, aliás, o único.

. Ao que parece, os bandidos andam levando a pior nos assaltos.

. Reagir a assalto é um remédio amargo, pode dar certo, mas, também, pode dar errado.

. Confirmado:

. O ex-prefeito Raimundo Angelim será mesmo candidato a deputado federal.

. Sena Madureira, Epitaciolândia e Brasiléia serão os municípios com o maior número de candidatos a deputado estadual por metro quadrado do Acre.

. Isto, se falar nos de fora que aparecem para abiscoitar votos!

. Foi no último verão/ que te conheci/ e o amor logo nasceu dentro de mim…

. O Brasil já vinha emburrecendo, com a pandemia a situação se agravou.

. Segundo os gregos, os políticos que dirigem uma nação podem emburrecer o povo.

. Quando a democracia é forte a nação prospera na economia, nas artes, em tudo.

. Sem democracia ficam todos ignorantes, tapados, intolerantes!

. O século 20 foi o século do eu (Adam Curtis, documentarista); em larga medida o século 20 foi o do individualismo:

. “Meus pensamentos”, “minhas emoções”, “meus desejos”, “meu Deus” …

. Está aí, agora, o estrago!

. Atenção mulheres!

. Não se sujeitem a ser bucha de partido político, não aceitem ser usadas como laranja para roubar dinheiro do fundão eleitoral.

. Entrem na política pela porta das frente, com dignidade!

. Não importa o resultado imediato, importante é abrir caminhos.

. A semana promete, bom dia!

Coluna do Astério

Angelim e Marcus, na marca do pênalti

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Justiça do faz de conta!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Jorge Viana X Márcio Bittar, um confronto inevitável

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

O quarto do João

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas