Conecte-se agora

Violência 7 X 1 FHC, Lula, Dilma, Temer e Bolsonaro

Publicado

em

O crime organizado surgiu no governo do presidente FHC. Cresceu e se alastrou como praga por todo o país nos oito anos do presidente Lula, nos seis de Dilma Rousseff, nos dois de Michel Temer e, agora, nos dois anos e cinco meses do presidente Jair Bolsonaro. Ao que parece, não tem solução. Serve apenas de bandeira para enganar eleitores incautos nas campanhas eleitorais.

Aliás, na próxima campanha, em 2022, o discurso central dos candidatos a presidente, governadores, senadores, deputados federais e estaduais será o combate ao crime organizado e a violência. A geração de emprego também. Depois de eleitos ressuscitam a velha desculpa de que a culpa é do STF, da KGB, CIA e da mãe do satanás.

Com FHC, o crime cresceu sem ele nem perceber de tão ruim; com Lula e Dilma, a culpa era da estratificação social, Temer, (o Christopher Lee – Drácula) um pomba-lesa e Bolsonaro achava que a solução era armar a população e matar bandido. Fracassaram! Pode se dizer que violência está dando uma goleada de 7X1 em todos eles.

. Com a abertura geral o efeito colateral aparece entre dez e 15 dias, quando encerra a fase incubatória do coronavírus e seus novos parentes.

. Foi assim nas eleições, festas de final de ano, carnaval e semana santa!

. Cada um por si e Deus por todos!

. O Ministério Público tem sido impecável em suas ações e posicionamentos frente à pandemia da Covid-19.

. CPI é como barulho de lata vazia; depois de concluído, o relatório é encaminhado para o Ministério Público fazer o trabalho de investigação que já foi feito.

. Podem surgir fatos novos? Sim, podem!

. Disse Zaqueu, o corrupto cobrador de impostos, para Jesus Cristo, o Filho de Deus:

. Senhor, devolverei duas vezes mais a todos aqueles a quem tenho roubado, defraudado, corrompido.

. O encontro dele com Jesus mudou sua vida para sempre!

. Isso foi há mais de dois mil anos…

. Faz um bom tempo!

. Era frio ou chuva?

. Ainda vai dar o último repiquete para limpar o barranco.

. O Rocha está parecendo o filme do Edir Macedo: “Nada a perder”!

. Na verdade, todos perdem, e muito!

. Até que enfim a ponta sobre o rio Madeira será inaugurada dia oito de maio, com ou sem pandemia.

. Obra de Dilma Rousseff, continuada por Michel Temer e concluída por Jair Bolsonaro.

. Uma mãe com dois pais!

. O Temer, como era o vice da Dilma, é o pai legítimo; Bolsonaro o padrasto da obra!

. Existem bons padrastos!

. Bom dia!

Coluna do Astério

O quarto do João

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Bolsonaro despenca nas pesquisas, verdade ou mito?

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Candidatura de Márcia Bittar é inegociável

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Política desacreditada, eleitores enojados!

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas