Conecte-se agora

Comunicação entre pacientes internados com Covid-19 e familiares é intensificada no Into

Publicado

em

Cerca de 16 mil chamadas de vídeo, áudios e ligações já foram realizadas para familiares de pacientes

Uma das características da pandemia do novo coronavírus em casos de internação, isolamento de pacientes e a impossibilidade de visitas e de acompanhantes, é uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos doentes e familiares em tempos de Covid-19 e um grande desafio para as equipes de saúde. Acreditando que o contato melhora o quadro geral dos pacientes, a direção do INTO em Rio Branco, intensificou a comunicação entre os internados e familiares, por meio de ligações, áudios e chamadas de vídeos através de celulares e tablets.

Em 11 meses de funcionamento da unidade hospitalar, as equipes de psicologia, assistência social e enfermagem realizaram aproximadamente 13 mil ligações, 2.300 áudios e 500 chamadas de vídeo para as famílias dos pacientes internados no INTO.

Mesmo quando o paciente não pode interagir, áudios com mensagens dos familiares e amigos são colocados próximo aos seus ouvidos.

Por orientação das equipes os áudios e as chamadas devem conter mensagens de força, orações, notícias de times de futebol e planos para comemorar a recuperação do paciente com sua alimentação preferida.

O diretor do INTO, médico Osvaldo Leal, acredita que mesmo para os pacientes que estão sedados e intubados o envio de mensagens e áudios pelos familiares são estímulos válidos no processo de recuperação dos pacientes. “Isso cria um ambiente de proximidade, empatia e solidariedade inclusive com a equipe que costuma receber também mensagens de afeto, encorajamento e gratidão”, explica.

Para a psicóloga da unidade hospitalar, Natassia Lopes, é perceptível a recuperação do paciente, com o estímulo cognitivo e positivo para as famílias que se sentem mais próximos de seus familiares.

“A reprodução de áudios e vídeos, bem como realização de ligação por áudio e vídeo chamadas, para pacientes não intubados, são estratégias para o estímulo cognitivo dos pacientes e que têm sido bem acolhida pelas famílias e apresentado bons resultados”, conta.

[videopress gYKETYwL]

Zaqueu da Costa Menezes, internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) sem intubação, há 20 dias, diz que depois de conversar com a família, se sentiu fortalecido. “Me deu mais vontade de lutar, viver e ter a certeza de que vou sair daqui”, afirma ele.

Os familiares destacam o alívio proporcionado pela comunicação. Maria Lucilene da silva vieira, esposa de Zaqueu, classificou esse trabalho da equipe do INTO como “lindo e humanitária”.

“Eu estava ansiosa em ver meu esposo. Fiquei muito feliz e todos os dias a gente conversa por vídeo chamada e isso é muito importante e estimula muito a ele”, enfatizou a mulher agradecendo ainda pelas informações diárias sobre o estado de saúde do marido. “Os médicos e toda a equipe têm sido anjos e a palavra que eu tenho a dizer é gratidão pelo carinho e atenção que têm tido com meu esposo lá dentro”, pontua.

As irmãs de Zaqueu, Maria das Dores e Marta, contam que os médicos e enfermeiros dão dicas de como conversar com ele. “Falamos sobre coisas boas. Nossa eu me surpreendi com tudo isso porque quando falaram que ele tinha que ir para o INTO, a gente ficou com muito medo mesmo, mas depois da comunicação nós sabemos que está tudo bem. É muito importante sabermos diariamente sobre o avanço dele. Agradecemos de verdade a equipe”, conclui Marta Menezes.

O Instituto Nacional e Traumatologia e Ortopedia do Acre (INTO) é administrada pela Mediall Saúde, empresa contratada pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre).

Destaque 4

Homem é morto a golpes de ripa na cabeça após discutir e agredir mulher em Rio Branco

Publicado

em

Emanoel Bezerra de Lima, de 37 anos, foi morto a golpes de ripa em via pública na madrugada desta sexta-feira, 19, na Estrada do São Francisco, nas proximidades de um condomínio no bairro São Francisco, em Rio Branco

Segundo a polícia, Emanoel estava com sua esposa e mais um casal trafegando em veículo modelo Voyage, de cor preta, placa NOO-8E79,  quando começou a discutir com sua esposa. Emanoel desceu do carro e seguida começou a agredi-la fisicamente. O casal, ao ver a mulher sendo espancada, reagiu, e o homem não identificado puxou uma ripa da cerca de uma residência e desferiu vários golpes que atingiram a cabeça de Emanoel que caiu desmaiado. Após a ação, o casal fugiu do local.

Populares que passavam na região encontraram Emanoel sangrando e acionaram ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas quando os paramédicos chegaram ao local, ele já se encontrava morto.

A Polícia Militar foi acionada e ao chegar ao local encontrou a mulher de Emanoel, em estado visível de embriaguez alcoólica e chorando. A área foi isolada para os trabalhos do perito em criminalística. O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos. O veículo da vítima foi removido por um guincho.

O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Equipe de Pronto Emprego (EPE) da Delegacia Especializada de Investigação Criminal (DEIC).

Continuar lendo

Destaque 4

Governo do Acre promove novas mudanças em comissionados nesta sexta-feira

Publicado

em

O governador Gladson Cameli voltou a fazer mudanças em diversos cargos comissionados no Diário Oficial desta sexta-feira, 19.

Destaque para mudanças em cargos de diretor no IMAC e a exoneração a pedido da advogada Joana D’arc.

Confira todas as nomeações e exonerações de hoje:

Nomeações

Adjan de Araújo Paula – CEC-1, na Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres –SEASDHM

João Ferreira da Paz Neto – CEC-2, na Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo – SEET

José dos Santos – CEC-5, na Casa Militar

Andrias Abdo Wolter Sarkis – Diretor no Instituto de Meio Ambiente do Acre – IMAC.

Exonerações

Jordy Weslley Oliveira de Albuquerque – CEC-1, da Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para Mulheres – SEASDHM

Matheus Gouveia de Assis – referência CEC-5, da Casa Militar

Jonilson da Silva Carneiro – CEC-2, na Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo – SEET

A pedido Joana D’arc Valente Santana – Chefe de Departamento da Secretaria Extraordinária de Assuntos Governamentais – SEGOV

Nilberto Santos de Souza – Diretor do Instituto de Meio ambiente do Acre – IMAC

Continuar lendo

Destaque 4

Morte por raiva humana em Cobija coloca Pando, na fronteira com o Acre, em alerta

Paciente era uma pessoa em situação de rua, de 52 anos, que esteve 21 dias internado

Publicado

em

O departamento de Pando está em alerta sanitário, segundo o jornal El Deber, de Santa Cruz de La Sierra, após a confirmação de uma morte por raiva humana em Cobija.

O diretor do Serviço Departamental de Saúde (Sedes) de Pando, Danny Hugo Mendoza, confirmou o falecimento do paciente, ocorrido na manhã desta quarta-feira, dia 17, à rádio El Deber.

De acordo com Mendoza, o paciente morto tinha 52 anos e vivia em situação de rua. O caso foi detectado em um bairro de Cobija, onde a vítima morava.

“Foi tratado como uma doença infecciosa. No entanto, após 20 dias apresentou um problema neurológico, pelo qual se suspeitava tratar-se de raiva humana. A amostra foi colhida e enviada ao Inlasa (em La Paz) onde confirmaram a hipótese”, revelou Mendoza.

As autoridades investigam uma possível transmissão do vírus através da picada de um morcego, uma vez que o paciente era sem-abrigo e não tinha antecedentes de ataques de cão ou gato.

“Suspeita-se que a raiva tenha sido transmitida por mordida de morcego, já que ele não mencionou ter sido atacado por um cão ou gato”, insistiu Mendoza.

Ainda segundo as informações, na localidade Santa Lúcia há dois casos suspeitos de raiva selvagem. Eles foram atacados por macacos. O estado de Pando está em alerta e iniciará a vacinação em massa nesta sexta-feira, dia 19.

O responsável pela Epidemiologia do Sedes, Cristian Soruco, informou que ambos os pacientes receberam o esquema de vacinação contra a doença e que as 12 pessoas que também foram atacadas por animais selvagens estão em tratamento médico.

Há 50 anos não era registrado um caso de óbito pela doença naquela região.

Continuar lendo

Destaque 4

Criança que teve contato com argentinos tem nova suspeita de “varíola dos macacos” no Acre

Publicado

em

O estado do Acre recebeu a notificação de um caso suspeito de Monkeypox no município de Xapuri. Trata-se de uma criança de 4 anos do sexo masculino, residente de Xapuri, que foi atendida nessa quarta-feira (17) apresentando erupções cutâneas pelo corpo.

A mãe relata contato com parentes recém-chegados da Argentina. Nenhum contato apresenta sintomas. Foi realizada coleta de amostra laboratorial e o paciente segue em isolamento domiciliar.

O CIEVS ACRE, CIEVS Fronteira e Vigilância Epidemiológica do município seguem com acompanhamento e investigação do caso.

Agora, o estado do Acre segue com um caso positivo em Rio Branco, que já está de alta médica, oito casos suspeitos residentes do estado do Acre, sete em Rio Branco e um em Xapuri, e um residente de outro estado aguardando resultado em Rio Branco.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.