Conecte-se agora

Kassab quer PSD na cabeça de chapa

Publicado

em

Foto: Altino Machado

O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, durante sua estada em Rio Branco, semana passada, numa reunião com o presidente regional, senador Sérgio Petecão (PSD), sobre a eleição para prefeitura de Rio Branco, ficou definido que, pelo potencial do partido, este deve ter a cabeça de chapa numa disputa da prefeitura de Rio Branco. A informação foi passada ontem ao BLOG DO CRICA pelo senador. Disse que o Kassab ponderou que seria uma inversão de valores ele indicar um vice do PSB, partido sem a representatividade do PSD. “Nós queremos ter a prefeita Socorro Neri (PSB) disputando a sua reeleição filiada ao PSD, a sua continuidade no PSB descarta esta possibilidade”, argumentou. Na sua avaliação, não se justifica o PSD vir indicar o vice numa chapa da prefeita Socorro, com esta no PSB, porque no palanque poderiam estar figuras ligadas ao PT. “Aliança em que estejam lideranças do PT ou com ligações com os petistas, estou fora”, disparou Petecão. Ainda sobre a eleição municipal, o senador Sérgio Petecão (PSD) quer dar por resolvida a conversa que já vem tendo com a prefeita, nesta primeira quinzena de janeiro. “Uma coisa é certa: se vier para o PSD será a nossa candidata, ela ficando no PSB, lamentamos, mas a parceria fica inviável. Tenho o maior respeito pela prefeita Socorro, é uma boa prefeita, honrada, gostaria de lhe apoiar, mas ela no nosso partido, até porque ficaria mais fácil pedir votos para sua reeleição”, revelou Petecão.

NÃO PODE MAIS RETARDAR
A prefeita Socorro Neri agiu certo ao não tratar de alianças partidárias este ano, porque seria um complicador para a gestão, mas não pode ir além de janeiro para decisão, até porque não só o PSD, mas também o PT, querem saber sua posição para iniciar a movimentação política.

CONVERSA COM O MDB
A tendência natural é de que, não sendo costurada a vinda da prefeita Socorro Neri (PSB) para o PSD, a tendência natural do senador Sérgio Petecão (PSD) é abrir conversa com o MDB, sobre uma aliança para apoiar a candidatura do deputado Roberto Duarte (MDB) á PMRB.

FORA DE COGITAÇÃO
Está fora de cogitação uma aliança do PSD do senador Sérgio Petecão com o PSDB do Major Rocha, porque ambos têm projetos que se conflitam para a eleição de 2022.

ERRO DE ESTRATÉGIA
O comando do PT errou na estratégia ao queimar a candidatura à reeleição para a Câmara Federal, do ex-deputado federal Raimundo Angelim (PT), porque se a sua eleição tivesse sido priorizada estaria hoje no mandato e a vontade para tentar de novo a prefeitura da capital.

NÃO SERÁ SURPRESA
Numa hipótese do PT ter candidato próprio à PMRB e o ex-prefeito Raimundo Angelim recusar a candidatura, não seria surpresa se o PT apresentasse o nome do deputado Daniel Zen (PT).

A MORTE DE UM GUERREIRO
Nas minhas mais de quatro décadas de jornalismo político acompanhei bem a trajetória política do ex-senador Aluísio Bezerra, seja no MDB e depois no PMDB, como deputado federal, prefeito de Cruzeiro do Sul e senador. Foi um guerreiro pela volta da democracia ao país. Isso, quando poucos tinham a coragem de bradar em público pelo fim da ditadura militar.

REI DO JURUÁ
O Aluísio Bezerra foi uma espécie de “Rei do Juruá” na política. Comandando um grupo que tinha entre outros o ex-deputado federal Osmir Lima e o ex-prefeito Vagner Sales, chegou a ter sob a sua tutela eleitoral os prefeitos dos cinco municípios que integram o Vale do Juruá.

LUTADOR PELO JURUÁ
Quando estava no Senado, Aluízio Bezerra (PMDB) apresentou um projeto criando o Estado do Juruá, que teria a capital em Cruzeiro do Sul, e brigou pela matéria de forma agressiva nos discurso da tribuna da casa, nas entrevistas aos órgãos de comunicação, mas o seu pleito não encontrou eco entre os parlamentares. Enquanto teve mandato acalentou este sonho.

JULGAMENTO HISTÓRICO
Aluísio Bezerra tinha a coragem de enfrentar quem estava no poder batendo de frente. Certa feita, descontente com um Juiz de Direito, que absolvia sempre os seus adversários quando denunciados, armou um palanque na principal Avenida de Cruzeiro do Sul e simulou um Júri, com o referido Juiz como réu, com advogado de defesa, acusação e tendo como membros do Conselho de Sentença a grande massa popular presente. E o Juiz foi julgado e condenado por aclamação. E isso em pleno regime militar, onde era preciso coragem para enfrentar o poder.

PIONEIRO NA LIGAÇÃO COM O PACÍFICO
O ex-senador Aluísio Bezerra foi o pioneiro na briga pela ligação rodoviária com o Peru, trazia comitivas do Peru ao Acre, liderava comitivas de autoridades acreanas para conversar com o governo peruano, e quando enfim a estrada saiu nunca foi lembrado pela sua luta histórica.

PAI DOS SOLDADOS DA BORRACHA
O então senador Nabor Junior (PMDB) foi quem apresentou o projeto criando a pensão para os que trabalharam na segunda guerra mundial como “soldados da borracha”, mas foi o ex-senador Aluísio Bezerra (PMDB), quem deu visibilidade á luta no Estado. O resto foi carona.

UM ETERNO CONTESTADOR
No PMDB criou um movimento “Tendência Popular”, que englobava os peemedebistas que tinham um pensamento mais à esquerda, para enfrentar a ala conservadora do partido. Com isso colocou vários de seus membros como secretários do governo Nabor Junior.

UM GRUPO A CADA ELEIÇÃO
O Aluísio Bezerra não tinha um grupo fixo de aliados, a cada eleição formava um novo grupo, na época era atacado pelos adversários do PMDB como alguém que não tinha fidelidade com os parceiros, mas na prática estava certo, ou não teria chegado ao ápice na carreira política.

O FIM DE UMA ERA
Com a sua doença e o avançar da idade transferiu o comando do seu grupo para a sua mulher, a então deputada federal Zila Bezerra (PMDB), mas esta, embora uma mulher de carisma, insinuante, não tinha a habilidade e a visão política do marido, o seu grupo desmoronou.

CRAQUE NOS BASTIDORES
Tinha um discurso virulento nas campanhas com os que se atrevessem a cruzar o seu caminho político, mas o seu potencial não estava na coragem, mas na capacidade de costurar alianças nos bastidores para lhe apoiar. Não é demais dizer que está entre os maiores líderes políticos do Acre; ele pelo MDB, enfrentando os adversários do partido do regime militar, a ARENA.

ALIANÇA COM OS PEQUENOS
Foram entrevistas incontáveis que fiz com o Aluízio Bezerra. Numa delas me lembro que perguntei qual era o segredo de ganhar uma eleição. E foi pragmático na resposta: “fazer alianças sempre com os pequenos, os grandes não têm os votos, dependem dos pequenos”.

DESCANSE EM PAZ, GUERREIRO!
Não poderia encerrar este comentário sem a frase: “Descansa em paz, velho guerreiro!”

MORO É O CARA
O jornal “Financial Times” colocou o Ministro Sérgio Moro entre as 50 maiores personalidades mundiais. Está junto com os mais importantes líderes do mundo. Fracassou a campanha petista para lhe desmoralizar internacionalmente. E fracassou também nacionalmente, na última pesquisa apareceu como campeão de popularidade, com 60% de aceitação popular.

UMA CIDADE VIOLENTA
De janeiro a agosto deste ano já foram registrados 780 roubos de veículos. A maioria na capital. Isso até agosto, número que deve ter sido superado se computados os casos até dezembro. Grande parte foi recuperada. É um dado positivo. Mas o dado maior é negativo. É muito roubo de veículos! O ideal não é recuperar os bens, mas criar mecanismos que impeçam estes crimes. Não adianta tapar o sol com a peneira, a capital acreana continua sendo uma cidade muito violenta. É de alto risco alguém possuir hoje uma caminhonete.

SILVÂNIA FICA
O BLOG tem informação de que a secretária de Comunicação, jornalista Silvânia Pinheiro, vai continuar no cargo. A conversa franca que tinha que ter com o governador já teve. É natural a permanência, a profissional é da mais extrema confiança do Gladson Cameli.

CONVERSA NO RETORNO
O governador Gladson Cameli embarca para os EUA com a família no próximo dia 29, devendo retornar no início de janeiro. Somente no retorno terá uma conversa com o chefe de gabinete, Ribamar Trindade, demissionário, mas ninguém se admire se o Ribamar continuar no cargo.

FORMANDO ALIANÇA
O MDB caiu em campo e conseguiu montar a primeira aliança para 2020, em apoio à candidatura do deputado Roberto Duarte (MDB) a prefeito de Rio Branco, se juntou ao PL da ex-deputada federal Antonia Lúcia, com dois deputados: Fagner Calegário e Vagner Felipe.

QUAL É A DO GONZAGUINHA?
 Estamos longe de 2022, quando teremos eleições estaduais. Por isso são vistas como estranhas, as constantes viagens do deputado Luiz Gonzaga (PSDB) ás comunidades do Alto Juruá. A indagação a ser feita: é um passo para disputar a prefeitura de Cruzeiro do Sul?

EMPURRÃO FINAL
O senador Márcio Bittar (MDB) deu o empurrão final para que a direção do DNIT aprovasse o projeto do governo estadual para a construção do Anel Viário e a ponte de Brasiléia, que o governo passado não conseguiu viabilizar nem com a destinação de emendas parlamentares.

SEGUNDA PONTE
Está projetada a montagem de uma ponte metálica ligando Brasiléia à Epitaciolândia, ao lado da já existente, já que a ponte do complexo do Anel Viário ficará afastada do centro da cidade.

ESTOU DE SÃO TOMÉ
O AVANTE anunciou a candidatura do empresário Jarbas Soster a prefeito de Rio Branco. É um empresário bem sucedido, mas prefiro deixar o barco correr para ver se o anúncio é para valer ou se será mais um balão de ensaio. Nesta estou de São Tomé, ver para crer.

SEM DESCULPA
Pronto Socorro novo e equipado, UPA de Cruzeiro do Sul inaugurada, última etapa do Hospital de Brasiléia concluída, anunciada a compra de toneladas de medicamentos, se depois disso tudo no primeiro semestre a gestão do secretário Alysson Bestene não decolar, é para desistir.

FRASE DO DIA
“O que se faz num dia é semente de felicidade (ou de infelicidade) para o dia seguinte”. Ditado indiano.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2020 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados.