Menu

Petecão e Gladson terão conversa franca sobre eleição para prefeito

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O SENADOR Sérgio Petecão (PSD), segundo fonte próxima a ele, vai ter uma conversa franca esta semana com o governador Gladson, após o retorno deste de Brasília, para saber se o secretário Alysson Bestene (PP) será ou não candidato a prefeito de Rio Branco. “Se o Petecão ouvir que o nome de Alysson não será mantido na disputa, ele se sentirá liberado para anunciar o seu apoio ao candidato Marcus Alexandre, do MDB”, revelou ontem a fonte ao BLOG. Uma outra fonte assegurou ao BLOG que existe uma inclinação para que Alysson Bestene (PP) seja indicado vice do Marcus (MDB); e que não vê clima para o Gladson se juntar ao prefeito Tião Bocalom (PL). Mas são conversas de bastidores. Só vai mesmo se saber qual será o fim dessa história quando o governador Gladson Cameli se pronunciar, oficialmente, sobre com quem marchará na Capital.


BURRICE POLÍTICA
UMA DAS MAIORES burrices políticas é tentar destruir o adversário numa campanha, armando estratégia na rede social para diminuir o oponente. Não funciona. O povo não gosta de baixaria. É o que está tentando fazer um aliado de uma candidatura ao governo contra o senador Alan Rick (UB), que acabou sabendo da história e vai esperar o primeiro ataque para entrar na Justiça contra o articulador.


A DISPUTA É MAJORITÁRIA
O PREFEITO BOCALOM passou ontem o tempo cedido em uma emissora de um cabo-eleitoral só enaltecendo o Bolsonaro. Esqueceu que o candidato é ele, e tem que vender o seu próprio peixe. A eleição na Capital é paroquial. Vota-se no nome do candidato a prefeito, e não no padrinho. Não contaram ao Bocalom?


NÃO COLA, NEM COM ARALDITE..
O GLADSON era da bancada de apoio aos governos do PT. Depois, mudou de posição. Tião Bocalom foi secretário de Agricultura no governo do petista Jorge Viana. O Marcio Bittar era comunista declarado, chegando a fazer curso em Moscou, na antiga União Soviética; e virou um político radical de extrema-direita. Só para citar alguns casos de trocas políticas. É infantil, pois, condenar o Marcus Alexandre por deixar o PT e se filiar ao MDB. Usar isso para desgastar não cola nem com araldite. Nada é eterno na política.


ELEITOR VAI DECIDIR
NÃO É O FATO de alguém mudar de partido ou de posicionamento político que decide uma eleição. Defender a tese é a maior bobagem. O eleitor não vai votar em alguém baseado em quem apoia o candidato: vai votar naquele que conseguir a maior empatia na campanha com o povão.


AINDA COM DÚVIDA
CONVERSEI ONTEM com dirigentes do MDB e não senti tanta certeza de que a médica Jéssica Sales (MDB) será candidata a prefeita de Cruzeiro do Sul. Mesmo após o último vídeo. Enquanto ela não fizer um lançamento público de sua candidatura em Cruzeiro, essa dúvida vai persistir.


GRANDE BENEFICIADO
EM EPITACIOLÂNDIA, teremos o professor Soares (MDB), Neidinha (PT), Daniel Dorzila (PSDB) e Everton Soares (PP) como candidatos da oposição a prefeito. Com os votos da oposição pulverizados, a grande beneficiada será a candidatura do prefeito Sérgio Lopes (PL), que vai disputar no comando da máquina municipal.


VICES EM BRASILÉIA
O GRUPO da prefeita Fernanda Hassem ainda não definiu o vice da sua candidata a lhe suceder, Suly Guimarães (PP). Já no grupo da ex-deputada Leila Galvão (MDB), o vice será indicado pelo ex-prefeito Deda e deputada Maria Antônia (PP).


O MURO ESTÁ CHEIO
TEM MAIS candidato a vereador de Rio Branco no muro do que embaixo. Alguns deles aparecem até em três listas partidárias para filiações. Uma noção exata de como ficarão as chapas dos partidos só vamos saber após o dia 6, sábado próximo, data limite para filiações.


TENDE A SAIR
DESCONTENTE com a confirmação da candidatura a vereadora da capital da vice-prefeita Marfisa Galvão (PSD), tudo indica que a vereadora Lene Galvão (PSD) deve deixar o partido. Sente-se preterida pelo irmão Sérgio Petecão. Lene procura uma nova sigla. Já manteve conversa com o União Brasil.


SAMBA ATRAVESSADO
A SECRETÁRIA MUNICIPAL de Saúde, Sheila, tinha como meta e trabalhava para ser a vice na chapa do prefeito Tião Bocalom. Não contava com a articulação do secretário Joabe Lira, agindo nos bastidores para ser o escolhido, atravessando o seu samba. São os nomes na disputa pela vice.


ESTÁ POLARIZADA
A ELEIÇÃO está polarizada entre Tião Bocalom (PL) e Marcus Alexandre (MDB), na disputa da Prefeitura de Rio Branco. Somente um ponto fora da curva poderá mudar este roteiro da campanha. Será uma eleição dura.


VANDO CONFIRMADO
O PSD confirmou a filiação do ex-prefeito Vando Torquato no partido para disputar a Prefeitura de Tarauacá. Será uma eleição embolada entre os candidatos Rodrigo Damasceno (PP), prefeita Néia (PDT) e Vando (PSD).


FOCANDO 2026
QUEM VEM se mexendo bem e de olho espichado para disputar uma vaga de deputado federal em 2026 é o superintendente regional do Ministério da Pesca, Paulo Ximenes.


SEM VERBA GORDA
O QUE VAI TER de candidato a vereador decepcionado após saber quanto receberá de cada partido do Fundo Eleitoral não está no script. A verba para vereador é bem magra para uma campanha: apenas R$ 135 mil reais. Não dá para bancar a parte gráfica.


O CENÁRIO SERIA OUTRO
O QUE FALTOU ao candidato Alysson Bestene (PP) foi ter no comando da pré-campanha um hábil articulador, como o secretário de Educação, Aberson Carvalho, que se mexe bem como poucos na articulação de uma candidatura majoritária. Colocaram amadores num jogo de profissionais.


FOI PARA IMPRESSIONAR?
O QUE TUDO está a indicar é que a candidatura a prefeito anunciada pelo deputado Roberto Duarte (REPUBLICANOS) foi só para impressionar e abrir espaços para alianças partidárias no campo majoritário, na Capital. Se era para impressionar, não impressionou. Ninguém o procurou para compor.


TAREFA NADA FÁCIL
MESMO NÃO SENDO o prefeito Mazinho Serafim o candidato, não será uma tarefa fácil ao candidato a prefeito, deputado federal Gerlen Diniz (PP), derrotar o nome que Mazinho indicou para lhe suceder. Não espere o leitor uma eleição travada na paz e no debate de ideias, mas espere uma campanha de muita confusão em Sena Madureira.


COMENDADOR NO MURO
QUEM SE ENCONTRA no muro na eleição para prefeito de Sena Madureira é o Comendador e Lorde do Iaco e Purus, o popular Idel Diniz. Só deve pular quando vir as próximas pesquisas. O Idel não bate prego sem estopa.


CANDIDATURA MANTIDA
QUEM ligou para o candidato a prefeito de Epitaciolândia Everton Soares (PP) para lhe dar a garantia que a sua candidatura se encontra mantida foi o deputado Nicolau Júnior (PP).


FRASE MARCANTE
“A amizade que pode terminar nunca foi verdadeira”. São Jerônimo.


Participe do grupo e receba as principais notícias na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.