Menu

Debandada deixou PDT sem chapa para vereador de Rio Branco

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O PDT, que sempre conseguiu montar na capital chapas fortes e eleger vários vereadores, nesta eleição pode ficar sem chapa para vereador de Rio Branco. A hipótese foi admitida ontem ao BLOG pelo presidente do PDT, deputado Luiz Tchê, que disse que não entrará em nenhum leilão financeiro para ter candidatos. Todos os vereadores do partido se desfiliaram. Um fato que afastou todos os vereadores do PDT, foi o deputado Luiz Tchê (PDT) não ter recuado em não lançar o filho Felipe Tchê como candidato a vereador pelo partido. Quer fazer do filho o seu sucessor na política. “Está difícil montar uma chapa, não conseguindo vou colocar o meu filho Felipe para disputar um mandato de vereador no PP”, admitiu Luiz Tchê.


NOME NA AGULHA


Uma boa fonte revelou ontem que caso o governador Gladson faça uma aliança com o MDB para apoiar a candidatura a prefeito de Marcus Alexandre (MDB) e não indicar Alysson Bestene (PP) de vice, o PDT quer colocar como opção para vice o nome da deputada Michelle Melo (PDT). Tchê já teria conversado com Gladson neste sentido. Brigada com Gladson, jamais, seria apoiada por ele.


FORA DO CONTEXTO


Viralizou nos debates políticos, o último vídeo da ex-deputada federal Jéssica Sales (MDB), em que aparece dizendo frases desconectadas, e que não devem ser ditas por quem é candidato. O fechamento do vídeo passou a imagem de empáfia, ao falar que sendo candidata a prefeita de Cruzeiro do Sul não fará campanha, ficará dentro de casa esperando os votos. Falou tudo o que quem é candidata a prefeita, não deve dizer.


PODE PREPARAR A BALSA


No PP, os vereadores N.Lima, Elzinha Mendonça e Samir Bestene; e, ainda, Gabriela Câmara, João Paulo da FUNDHACRE e Felipe Tchê; serão os puxadores de votos na chapa da sigla para vereador. Numa chapa do porte, para quem quiser pensar em se eleger tem que partir de 2.500 votos, para início de conversa, e ter chance de eleição. Ou pegará a balsa.


NÃO FOI COOPTADA


A vereadora Elzinha Mendonça (PSB), é a única dos parlamentares municipais que não aceitou cargo na PMRB, em troca de silêncio. Optou por exercer o papel fiscalizador dos atos do prefeito Tião Bocalom. Isso lhe credencia a postular a reeleição. Costumo repetir por estarmos num ano eleitoral.


ESPERAR A DECISÃO


O presidente do PSD, senador Sérgio Petecão (PSD), antes de tomar a decisão sobre uma aliança para a PMRB, pretende conversar com o governador Gladson. Uma coisa é irreversível: não apoiará o Bocalom.


SENSO DE RIDÍCULO


Um político no mandato tem que ter o senso do ridículo para saber que os seus atos, são vistos por milhares de pessoas. Pegou mal a sabujice de alguns desses políticos com o Bolsonaro. Só faltou o beijo de língua. Todo mundo tem o direito de escolher seu lado político. Pode fazer isso sem bajular, porque fica mal e se perde a postura que os cargos exigem e se apequenam. Mas, cada qual com seu cada qual. E a vida segue.


MUITO PÍFIA


A manifestação do presidente Lula condenando o ditador da Venezuela Nicolás Maduro, que impediu seus mais fortes adversários de disputarem a presidência com ele, foi pífia. Não se pode passar pano para ditador.


ATÉ AQUI, SEM CONCORRENTE


Não é demais se afirmar que se a eleição para governador fosse hoje, seria difícil do senador Alan Rick (UB) ser batido – embora não queira abrir este debate – porque é quem melhor se comunica entre os demais prováveis candidatos. Mas, como a eleição só será em 2026, muita água ainda vai passar por baixo da ponte.


NÃO É POR FALTA DE COBRANÇA


Se o sistema de saúde não funciona como ideal nos municípios do Vale do Juruá, não é por falta de cobrança. A deputada Antônia Sales (MDB) tem cobrado forte a SESACRE por melhorias.


SINUCA DE BICO


A vereadora Lene Petecão (PSD) tem até o dia 6 para sair do emaranhado político em que se encontra. Tem vários cargos na PMRB. Se ficar no PSD não poderá apoiar o prefeito Bocalom, porque perderá a legenda. Permanecendo no PSD, com certeza perderá os cargos que indicou na prefeitura. E ainda tem de enfrentar a candidatura da vice-prefeita Marfisa, sua cunhada. Se sair do PSD, tem que achar um partido que aceita candidatos com mandatos. Vive uma espécie de sinuca de bico.


PROMESSA PARA SÃO EXPEDITO


O secretário municipal Joabe Lira está se pegando até com São Expedito, para ver se consegue ser o vice na chapa do prefeito Bocalom. O velho Boca fechou em copas e não fala sobre o assunto. Joabe é tão fiel ao Bocalom, que se este pedir para ele pular de cima do prédio antigo BANACRE, ele pula sem pestanejar. Mas entre isso e ter votos, existe um abismo.


CHAPA ESTOURADA


A correria de candidatos é tão grande para disputar vagas de vereador de Rio Branco pelo MDB, que existe quase o dobro do teto máximo de candidaturas. A chapa é muito forte.


CHAPA DA PESADA


Outra chapa para vereador da pesada é a do PL, com vários vereadores e secretários municipais brigando.


PRATICAMENTE CERTO


É praticamente certo, que o PP não terá candidato próprio a prefeito de Rio Branco. A única dúvida é saber com que candidato a prefeito fará aliança. Com quem for, indicará o vice.


SOBRE O PSDB


Ligou o secretário-geral do PSDB, André Hassem, para dizer ser forte a candidatura de Daniel Dorzila a prefeito de Epitaciolândia. Na sua visão, ele é forte na área rural e vai crescer na cidade, polarizando na disputa pela prefeitura. Diz ter uma chapa competitiva para vereador.


BURICA VOLTANDO


Outro ex-prefeito que voltou ao jogo eleitoral, aparecendo bem na disputa pela prefeitura de Rodrigues Alves, é o Burica. Não deverá disputar mais pelo PT. Tem até o dia 6 para definir o partido.


CONVITE FEITO


A ex-deputada federal Vanda Milani foi convidada pelo candidato a prefeito de Senador Guiomard, Gilson da Funerária (PSD), para ser sua vice. Vanda ainda não decidiu se aceita.


ÚLTIMO ANO


A força eleitoral do presidente Lula para disputar uma reeleição só será conhecida de fato em 2026, último ano de seu mandato. Pesquisas hoje representam apenas um momento.


FESTA CONFIRMADA


Confirmado para o próximo dia 5, o lançamento da candidatura do deputado federal Gerlen Diniz (PP) a prefeito de Sena Madureira. Com o ato quer tirar a dúvida de quem acha que está blefando com a candidatura.


COM CREDIBILIDADE


Vamos aguardar as pesquisas dos institutos DELTA e Data Control, sobre as eleições na capital e Cruzeiro do Sul. Ambos vem acertando os prognósticos nas últimas eleições.


COM DEUS


Um bom final de semana, com Deus no coração, muita paz e muito amor.


FRASE MARCANTE


“Amigos sempre se tem se deles não se precisa”. Tito de Barros.


Participe do grupo e receba as principais notícias na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.