Conecte-se agora

Prefeitura de Cruzeiro do Sul assume ações de combate à malária e Ilderlei fará o que sabe melhor: contratar

Publicado

em

A transferência das responsabilidades sobre as ações de combate à malária em Cruzeiro do Sul, que ocorreu nesta segunda-feira, 12, dará a oportunidade ao prefeito Ilderlei Cordeiro (PMDB) de contratar pelo menos 140 novos agentes de endemias. A tendência é de que as admissões sejam feitas através de um novo processo seletivo. Representantes do executivo municipal não esclareceram, porém, se a nova leva de funcionários compõe a resolução de número 02, que prevê a admissão de 616 novos cargos comissionados.

Servidores que atualmente atuam no combate à malária na região permanecerão nas funções, cedidos pelo governo do Estado até o dia 30 de julho, data em que se encerram os contratos. A exceção é para os microscopistas, que serão mantidos pelo Estado até o final de 2018.

O secretário estadual de Saúde, Jemil Júnior, participou da solenidade durante a qual também foram repassados ao município a frota de veículos utilizados pelo setor de Endemias. A prefeitura também recebeu mobiliário, borrifadores e demais equipamentos usados pelo órgão.

Discurso contraditório

Segundo o prefeito cruzeirense, a malária é uma doença que requer cuidados especiais. Ele ressaltou a importância do trabalho feito pelo governo do Estado e afirmou sua convicção de que as parcerias “para melhorar a saúde e outros setores em Cruzeiro do Sul” serão mantidas.

A contradição está no que alega a prefeitura sobre a indiferença do governo quando o assunto é a implantação do Órgão de Defesa do Consumidor (Procon) – uma promessa de campanha feita por Ilderlei Cordeiro aos eleitores, mas cuja execução está longe de acontecer.

Na última vez em que o assunto foi mencionado pelo peemedebista, o governo foi apontado como responsável pela inexistência do Procon no município. Segundo Ilderlei, o pedido de parceria, feito ainda na gestão do antecessor Vagner Sales, foi indeferido pelo governador Sebastião Viana.

O atual diretor do Procon do Acre, Diego Rodrigues, contesta essa versão.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas