Menu

Segurança sugere que enfermeira empunhou arma; mulher foi alvejada com 5 tiros

Enfermeira teve surto psicótico, desobedeceu ordem de parada policial e acabou morta a tiros - Foto: ac24horas/redes sociais
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), emitiu uma nota de esclarecimento na noite desse sábado, 2, após policiais militares do efetivo de Capixaba solicitarem apoio do Grupo Especial de Fronteiras (Gefron) para auxiliar na abordagem de um veículo que desobedeceu à ordem de parada.


“Durante o acompanhamento realizado no sentido Capixaba/Rio Branco, a condutora do veículo fazia manobras perigosas. Uma equipe do Gefron e outra da Polícia Rodoviária Federal se deslocaram no sentido Senador Guiomard/Capixaba para realizar a abordagem”, explica o Secretário de Estado de Justo e Segurança Pública, José Américo Gaia.

Publicidade

De acordo com a segurança, nas proximidades da entrada do ramal da Alcoobrás, a condutora novamente desobedeceu à ordem de parada, se mantendo em alta velocidade. Os policiais continuaram com o acompanhamento.


“Durante a ocorrência, foi possível visualizar parte de um braço empunhando uma arma de fogo. Neste momento, diante do risco iminente à integridade física da equipe policial, foram efetuados cinco disparos em direção ao veículo”, diz a nota.


Após uma curva, a condutora perdeu o controle do veículo, saiu da pista de rolamento, colidindo em uma cerca de arame.


Policiais foram até o veículo e identificaram a mulher como Géssica Melo de Oliveira. Ao perceber que a mulher estava ferida, os policiais acionaram o serviço de emergência, isolaram o local e prestaram o socorro, conduzindo-a ao Hospital-Geral de Senador Guiomard e acionaram a Polícia Técnica (perícia), tendo posteriormente o conhecimento da morte de Géssica.


“Durante os trabalhos realizados pela perícia, foi coletada, nas imediações onde o carro parou, uma pistola 9mm, municiada e engatilhada em meio à pastagem.


Os policiais se deslocaram até a Delegacia de Senador Guiomard para lavratura do boletim de ocorrência e demais providências legais. Diante dos fatos, a polícia militar instaurou inquérito por meio da corregedoria para apurar o caso”, conclui o secretário.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido