Menu

Acusado de assédio diz que advogada “queria algo mais” e que ela possui processos por calúnia

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O advogado Maycon Moreira da Silva, acusado de assédio sexual pela também advogada Marissa Raquel de Oliveira da Costa, encaminhou, por meio de sua defesa, uma nota onde nega as acusações e faz graves afirmações contra a denunciante.


O advogado José Everaldo Pereira, que representa Maycon, diz que a advogada busca holofotes e diz que a denúncia registrada em um boletim de ocorrências não é verdadeira. Ele ainda afirma que Marissa possui processos por injúria, calúnia e difamação.


ENTENDA O CASO
Advogado é denunciado na Delegacia da Mulher por suposto assédio sexual contra colega

Publicidade

Em outro trecho da defesa, Maycon declara que apresentou provas à OAB, mas que não elencou “pseudo-intimidades” entre os dois. “Na seara OAB, a defesa apresentou versão com provas, e inclusive preservando a condição de então esposa, não elencou as pseudo-intimidades relatadas pelo acusado, se limitando a anexar Ata Notarial, juntando provas de que a Dra. Marisia Raquel, na versão do Dr. Maycon, enviava mensagens via Whatsapp e Instagram, entendidas como de cunho afetivo, no popular, como diz Zé Bacú, querendo alguma coisa…. a mais da relação profissional”, diz o advogado de defesa em nota.


Maycon, em outro trecho de sua defesa, afirma que era chamado de “blogueirinho” por Marissa e que sempre respeitou a colega advogada. “A advogada sempre foi deferida com o devido respeito e na nossa intimidade lhe tratava como “Blogueirinho”, pois, até então era ou é uma mulher casada….e os fatos relativos a denúncia na OAB, se dão por conta de uma leve discussão no fórum da comarca de Xapuri, em que a advogada não gostou da resposta e lhes foi devolvida na mesma proporção, a de mal educada e grossa era ela”.


A defesa também encaminhou prints de conversas no whatsapp e foto onde os dois advogados posam em uma situação que aparenta uma relação de amizade.


Em relação à denúncia de que Maycon teria passado a mão nas pernas de Marissa, o advogado volta a negar. “Inventou a Dra. Maria Raquel, inclusive, que o advogado passou a mão em suas pernas, numa audiência judicial. Pasmem! Como assim? Numa audiência no fórum de Xapuri? Presentes as partes e testemunhas?? Na frente do Juízo?? Ainda assim não tomou providências??? Sequer se dirigiu ao Juízo?? Menos Senhores e Senhoras!”, diz a defesa.


Confira abaixo a nota enviada pela defesa do advogado Maycon da Silva

A relação Dr. MAYCON MOREIRA DA SILVA com a Dra. MARISSA RAQUEL DE OLIVEIRA COSTA, decorre nos corredores do Fórum de Xapuri, de muito vem aflorando sentimentos incompreensíveis aos amigos e nesta fase, deve ser entendido como busca por holofotes, por conta de atos pretéritos já decifrados e, sob os auspícios da leviandade.


O registro de Boletim de Ocorrência versado na matéria, não significa a verdade, pois se constitui em ato Unilateral, muitas vezes talhado ao sopesar das emoções e quiçá de interesses escusos em que são cumpridos apenas ritos burocráticos e, em si, é imprestável como provas.
Não trás a tona, que a Dra. Marisia Raquel, responde processos no TJAC sob Nº 0702186.61.2022.8.01.0007 por injuria, calunia e difamação e sob Nº 0702176.17.2022.8.01.0007, Indenização por Danos Morais.


Na seara OAB, a defesa apresentou versão com provas, e inclusive preservando a condição de então esposa, não elencou as pseudo-intimidades relatadas pelo acusado, se limitando a anexar Ata Notarial, juntando provas de que a Dra. Marisia Raquel, na versão do Dr. Maycon, enviava mensagens via Whatsapp e Instagram, entendidas como de cunho afetivo, no popular, como diz Zé Bacú, querendo alguma coisa…. a mais da relação profissional.


A colega advogada infelizmente falta com a verdade, o que nos dá margem interpretativa de que possa estar enfrentando problemas de ordem pessoal, como quaisquer mortais e, a querer esquentar fatos de Agosto/2022, quando procura a impressa para tentar denegrir a imagem ilibada de um profissional, que sabe se conduzir socialmente, não possui nenhuma mácula quanto a relacionamentos afetivos e, alerta esquecer a Advogada, que as provas que mostram claramente que Ela não é vítima mas sim Vilã e, ora desempenha seu papel de coadjuvante.


Aduz que a advogada sempre foi deferida com o devido respeito e na nossa intimidade lhe tratava como “Blogueirinho”, pois, até então era ou é uma mulher casada….e os fatos relativos a denúncia na OAB, se dão por conta de uma leve discussão no fórum da comarca de Xapuri, em que a advogada não gostou da resposta e lhes foi devolvida na mesma proporção, a de mal educada e grossa era ela e, com o atenuante de sempre fazermos fotos juntos.

Publicidade

Oportunamente, trazemos de público que o acusado está tranquilo, sereno, nada deve e nada teme, fez os devidos registros em cartório com provas de direito, repudia a inexistente prática de assédio sexual e, reconhece a exemplo de muitos, reconhece a capacidade intencionista da Advogada, de mentir e dissimular e como de praxe, vai responder mais uma das acusações dessa senhora.
Para asseverar tais adjetivos, Inventou a Dra. Maria Raquel, inclusive, que o advogado passou a mão em suas pernas, numa audiência judicial. Pasmem!
Como assim? Numa audiência no fórum de Xapuri? Presentes as partes e testemunhas?? Na frente do Juízo?? Ainda assim não tomou providencias??? Sequer se dirigiu ao Juízo??
Menos Senhores e Senhoras!


Temos a convicção e plena certeza, aliado a testemunhas, de que descaradamente a Dra. Marisia Raquel, não fala verdade, tem consciência das graves imputações e omite a realidade e, no entanto, teima, tesa e insiste em versão fraudulenta.
Quesito a parte, reconhecemos, no entanto, que se precisava de mídia, já a tem. Não sabe, porém, a que custo. Quiçá facultando seja trazido a público as intimidades relatadas pelo douto advogado.


Rio Branco-AC, em 03 de fevereiro de 2023.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido