Conecte-se agora

Primavera chega nesta quarta-feira com previsão de chuvas e possível onda de calor

Publicado

em

Neste ano, a primavera começa nesta quarta-feira (22), às 14h21m, no horário do Acre. A mudança de estação é um fenômeno astronômico, que acontece por causa dos movimentos da Terra. Mas por que as estações têm dia e hora certa para começar e acabar? É tudo uma questão de movimentos da Terra.

Na astronomia as estações do ano são definidas a partir de posições específicas que a Terra alcança em seu movimento ao redor do Sol. A data de início da primavera acontece quando temos a mesma quantidade de luz do sol nos dois hemisférios, Sul e Norte, o dia e a noite têm a mesma duração e isso é chamado de equinócio.

Também temos outros dois pontos muito importantes conhecidos por solstícios. Isso acontece duas vezes no ano, no início da primavera e no início do outono. Já quando o dia é o mais longo do ano (e a noite mais curta) é a data que marca o início do verão. No caso contrário (noite mais longa e dia mais curto) temos o início do inverno.

Previsão para a estação

De acordo com a empresa de estudos climáticos Climatempo, na maior parte da estação teremos temperaturas médias mensais dentro e acima da média normal em praticamente todo o país. É possível a ocorrência de nova onda de calor, porém não tão intensa quanto a observada na primavera de 2020, quando várias regiões do país bateram recordes históricos de calor.

Chuva

Desde o início de setembro, as pancadas de chuva retornaram sobre a várias áreas do Sudeste e do Centro-Oeste do país, mas de forma irregular. As precipitações mais frequentes e volumosas durante o mês de setembro devem ser observadas no Rio Grande do Sul, em Mato Grosso do Sul, Rondônia, Acre e Amazonas.

Outubro e também novembro devem ser dois meses com o aumento da frequência e do volume de chuva sobre o Sudeste, Centro-Oeste e principalmente o sobre o Norte do Brasil.

Apesar da tendência de volume chuva acima da média normal em áreas importantes para o abastecimento dos reservatórios para geração de energia, o volume de chuva ainda estará muito abaixo do necessário para regularizar a situação.

O aumento da chuva em novembro vai fazer com que grande parte do Sudeste e do Centro-Oeste do Brasil fiquem menos quente neste mês.

Mas e o horário?

O horário está relacionado com o tempo que a Terra leva para completar uma volta em torno do Sol. Diferente do que imaginamos, o percurso total leva um pouco mais 365 dias. São cerca de 365 dias, 5 horas e 45 minutos e é por causa dessa diferença que as estações do ano também sofrem alterações de um ano para o outro. Os astrônomos conseguem definir, através de cálculos matemáticos, o horário exato de todas as próximas viradas de estações.

Com informações fornecidas pela Assessoria de Comunicação da Climatempo.

Cotidiano

Uber lança serviço que cobrará mais caro para passageiro ser atendido com prioridade

Publicado

em

A Uber lançou uma nova modalidade de serviço em que o passageiro, por um custo em média 20% maior, “fura a fila” para conseguir o embarque mais rápido. A novidade começou a valer nesta quinta-feira (14) nas cidades de Campinas (SP), Curitiba (PR) e Belém (PA).

Entenda como isso funciona

Não é necessário baixar ou atualizar o aplicativo atual;

A nova modalidade está disponível apenas para a região central das cidades atendidas, onde foi identificado que a espera por embarque tem sido mais longa;

A opção ‘Prioridade’ aparecerá automaticamente depois que o passageiro selecionar os locais de início e destino da viagem;

Segundo a empresa, em média, o custo da viagem será 20% maior que o do UberX;

Não há horário de funcionamento fixo, o sistema acompanha a dinâmica de movimentação da cidade.

De acordo com Uber, a modalidade ‘Prioridade’ oferece “mais uma oportunidade de ganhos para os motoristas”, mas a companhia não detalhou como isso irá acontecer.

“Com a nova modalidade que oferece mais ganhos para os parceiros, a expectativa é de que mais motoristas atendam aos pedidos de viagens. A escolha de usar o Uber Prioridade é opcional, ou seja, os parceiros têm liberdade para decidir se querem ou não aceitar as viagens”, informa, em nota.

Por ser o primeiro dia de funcionamento da nova modalidade, a empresa informar que ainda não possui dados sobre a demanda pelo serviço. A Uber prevê expansão, mas sem data definida.

Continuar lendo

Cotidiano

Em parceria com a FIEAC, Ibama capacitará marceneiros e madeireiros do Juruá

Publicado

em

Uma parceria entre a Federação das Indústrias do Estado (FIEAC) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no Acre garantirá a capacitação de empresários dos setores industriais marceneiros e madeireiros que atuam na região do Vale do Juruá.

O treinamento, que acontecerá entre os dias 22 e 26 de novembro na Unidade Integrada SESI SENAI do Juruá, em Cruzeiro do Sul, terá como foco principal o Sistema Nacional de Controle da Origem dos Produtos Florestais (Sinaflor) e o Documento de Origem Florestal (DOF).

Os detalhes da capacitação foram definidos em reunião na manhã desta sexta-feira, 15 de outubro, com a presença da coordenadora institucional da FIEAC no Vale do Juruá, Janaina Terças, o coordenador do Núcleo de Biodiversidade e Florestas da Superintendência do Ibama no Acre, Luciano Arruda, e o diretor regional do SENAI, César Dotto.

“Estamos contentes com essa parceria. O Ibama trará um profissional de Tecnologia da Informação (TI) de Brasília para ministrar essa capacitação, que será de grande valia para os nossos empresários e outros profissionais, tendo em vista que muitos enfrentam dificuldades para acessar esses sistemas”, destacou Janaina Terças.

Para Luciano Arruda, a capacitação será extremamente relevante para a promoção do desenvolvimento sustentável na região do Juruá. Ele reitera que vários empreendedores ainda não têm o domínio necessário de ferramentas como Sinaflor e DOF.

“Então, urge a necessidade, tanto do Ibama, como órgão federal e executor da política nacional do meio ambiente, como do Imac, de fazer a capacitação desses empresários para que possam receber madeira de origem legal, manejada, para produzir móveis de qualidade com madeira legal, sem ter contratempos com órgãos de controle”, ressaltou Arruda.

Assessoria FIEAC

Continuar lendo

Cotidiano

Mourão: No futuro, Petrobras terá de ser privatizada para romper monopólio

Publicado

em

Por

Horas depois de o presidente Jair Bolsonaro dizer que tem vontade de privatizar a Petrobras (PETR3;PETR4), o vice-presidente Hamilton Mourão mostrou-se favorável à venda da estatal. “No futuro, a Petrobras terá que ser colocada no mercado de modo que a gente rompa essa estrutura de monopólio, que no final das contas termina por prejudicar o País”, afirmou o general nesta quinta-feira, 14, em sua saída do Palácio do Planalto.

Pela manhã, em entrevista a uma rádio de Pernambuco, o chefe do Executivo citou vontade de vender a companhia em meio à dificuldade do governo em conter a alta dos combustíveis. “É muito fácil, ‘aumentou a gasolina, culpa do Bolsonaro’. Eu tenho vontade, já tenho vontade de privatizar a Petrobras”, disse.

De acordo com Mourão, nas eleições de 2018, Bolsonaro decidiu não privatizar a companhia. “Foi um assunto discutido desde a campanha eleitoral. Era decisão do presidente da República não mexer nem na Petrobras, nem no Banco do Brasil, nem na Caixa Econômica”, disse aos jornalistas presentes. Bolsonaro tem um passado estatizante, mas nos últimos anos buscou modular sua visão para tentar alinhar-se ao ministro da Economia, Paulo Guedes.

O vice-presidente ainda chamou o projeto que altera o ICMS incidente sobre os combustíveis, aprovado ontem na Câmara, de “medida paliativa”. “Na realidade, todos nós sabemos que o combustível está caro no mundo inteiro”, afirmou Mourão, que voltou a defender um fundo estabilizador de preços dos combustíveis. “Quando há essas sazonalidades, é importante que se tenha fundo estabilizador. Como constituir esse fundo é questão para economistas, para quando tiver intercorrências negativas você tenha condição de bancar, a empresa, sem prejudicar consumidores”, declarou.

Questionado sobre a decisão de Bolsonaro de não se vacinar contra a Covid-19, Mourão preferiu não comentar.

Fonte: InfoMoney 

Continuar lendo

Cotidiano

Velório de Osvaldo Ribeiro será às 19 horas na Capela São João Batista

Publicado

em

A família de um dos maiores pecuaristas do Acre, Osvaldo Alves Ribeiro, 82 anos, que faleceu em decorrência de um ataque fulminante, informou nas redes sociais que o velório foi marcado para às 19 horas desta sexta-feira, 15, na Capela São João Batista, ao lado da TV Gazeta, em Rio Branco. O pecuarista se encontrava em Goiânia (GO) no momento do ataque fulminante.

Seu ‘Português’ como era conhecido no ramo, será sepultado às 08:30h deste sábado, 16, no Cemitério São João Batista, localizado na rua São Paulo, bairro Dom Giocondo, na capital.

Um dos filhos de Osvaldo, o ex-prefeito de Senador Guiomard, Celso Ribeiro, declarou ao ac24horas que o pai vinha lutando há muitos anos com um problema de coração, porém vinha realizando tratamento.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Acre (Faeac), Assuero Veronez, lamentou a morte do amigo e enalteceu a trajetória de sucesso de Ribeiro no ramo da agropecuária.

“Nos últimos anos o quadro de saúde dele vinha se agravando. Com bons hospitais e médicos, vinha ajudando. Ele foi importante para o agro acreano onde deu uma contribuição imensa ao estado. Na sua carreira, Osvaldo teve projeção como pecuarista, um dos maiores do Acre. Essa representatividade dele como liderança foi muito importante. É uma perda inestimável”, comentou.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas