Conecte-se agora

Damasceno desmente Sesacre e diz que remoção para Tarauacá ocorreu legalmente

Publicado

em

O impasse entre a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) e o médico Rodrigo Damasceno continua, na noite de quinta-feira (13) a história ganhou mais um capítulo. É que após a nota do órgão dizer que sua remoção ao município ocorreu de forma irregular e sem autorização da saúde, o médico rebateu e disse que teve autorização do órgão competente.

Damasceno contou que ficou admirado com o teor da nota, pois segundo o profissional de saúde, sua lotação em Tarauacá não ocorreu “na marra”.

“Segundo o que eles falaram estou trabalhando com o meu segundo contrato (Que Realmente fiz o concurso a Época para Feijó) já em Tarauacá é por conta própria, como diz o bom acreano “Na Marra”, e o pior ou melhor de tudo é que eles me pagam todos meses, mesmo eu sendo um insurgente. Nesse ponto a nossa querida Sesacre se enganou. E olha que tiveram quase duas semanas para tentar justificar o injustificável”, declarou.

Damasceno apresentou, inclusive, o número do documento que consta da autorização de remoção para a terra do abacaxi. “Primeiro, como consta no documento em anexo, fui lotado em Tarauacá no dia 9 de Fevereiro de 2017, documento assinado pela Gerente de Pessoal que pode ser consultado pela Sesacre com o número 069/2017. Ou seja, não vim “Na marra” trabalhar em Tarauacá. No dia 20/02/2018 tive a minha lotação mais uma vez confirmada pelo Secretário, deduzindo-se que em resposta ao requerimento do MP. Como está comprovado na minha Ficha de Assentamento Funcional, que também está em anexo. E deixo a disposição da saúde, embora tenha sido ela mesmo que me ofertou”, explicou.

Porém, Damasceno reconheceu os vários capítulos da história e voltou a se colocar à disposição do município de Feijó. “Já me prontifiquei em ajudar Feijó, só não concordei com a forma como trataram essa situação. Na minha humilde opinião a Sesacre segue se confundindo e como não tem motivo plausível para justificar essa confusão que eles mesmo fizeram, tentam jogar uma cortina de fumaça e com informações falsas. Acho que chegou a hora da instituição se portar como tal, procurar seu servidor e conversar. Chega de postagens na mídia, acho que tanto a População de Feijó quanto de Tarauacá merecem um Tratamento Melhor”, encerrou.

Cotidiano

Polícia incinera 53 quilos de droga apreendida em operações de Tarauacá

Publicado

em

A Polícia Civil no município de Tarauacá incinerou na manhã desta quinta-feira, 27, mais de 53 quilos de drogas que foram apreendidas em operações policiais no município.

A incineração contou com a presença de representantes do Ministério Público (MP/AC) do Poder Judiciário e da vigilância sanitária, além dos delegados de Polícia Civil de Tarauacá, e agentes de polícia civil.

A incineração realizada é fruto de operações policiais nos anos de 2019, 2020, e 2021, sendo que na sua grande maioria são drogas apreendidas na BR-364 no ano de 2021.

Com a incineração de hoje, os órgãos constituídos buscam dar uma resposta a traficantes e avisar que os órgãos de segurança pública estão atentos e que o ano de 2022 o enfrentamento a criminalidade, sobretudo ao crime tráfico de drogas não será diferente.

Continuar lendo

Cotidiano

Gonzaga discute com DNIT construção de estrada que ligará municípios do Juruá

Publicado

em

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa do Acre, deputado Luiz Gonzaga (PSDB), participou de reunião com o superintendente regional do DNIT, Carlos Henrique de Assis Moraes, para tratar sobre a obra de construção da estrada que ligará Cruzeiro do Sul a Porto Walter e Marechal Thaumaturgo.

Segundo o deputado Gonzaga, a obra é de suma importância para o desenvolvimento de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo, além de facilitar a vida dos ribeirinhos que estão enfrentando dificuldades de navegarem pelos rios do Juruá devido ao baixo nível dos mananciais mesmo no inverno amazônico. Além disso, empresários enfrentaram dificuldades de abastecerem os municípios isolados com mercadorias.

“Estive em Porto Walter recentemente e tenho ouvido dos moradores que a estrada vai ajudar muito a região. Os ribeirinhos reclamam que para se deslocarem até Cruzeiro do Sul precisam navegar horas pelos rios que apresentam um nível bem abaixo da média devido a falta de chuvas na região. Isso dificulta a navegação e atrasa ainda mais as viagens”, disse o deputado.

Gonzaga explica que o DNIT propôs aproveitar um ramal já existente em Cruzeiro do Sul, que já tem 25 quilômetros abertos, para otimizar a obra já que fica faltando apenas 36 quilômetros até Porto Walter.

“O superintendente do DNIT informou que o órgão decidiu usar 25 quilômetros já abertos do Ramal 3, em Cruzeiro do Sul, para facilitar a construção da estrada. Esse percurso foi escolhido porque evita entrarem em reservas e áreas indígenas, além de aproveitarem o ramal já aberto”, disse o parlamentar.

Continuar lendo

Cotidiano

Pesquisa Ipespe: Lula tem 44% e Bolsonaro, 24%; Moro e Ciro empatam em terceiro

Publicado

em

A nova pesquisa Ipespe relativa à disputa presidencial das eleições 2022, divulgada nesta quinta-feira (27), mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na frente no cenário estimulado para o primeiro turno com 44%, contra 24% do presidente Jair Bolsonaro (PL) e 8% dos ex-ministros Sergio Moro (Podemos) e Ciro Gomes (PDT), que empataram.

Nas outras posições, sequencialmente, aparecem João Doria (PSDB), com 2%, e Simone Tebet (MDB), Rodrigo Pacheco (PSD) e Alessandro Vieira (Cidadania) com 1% das intenções de voto. O pré-candidato Felipe d’Avila (Novo) não pontuou.

Outros 8% dos entrevistados responderam que não votariam em nenhum dos apontados, não votariam no geral ou que registrariam voto branco ou nulo, e 4% não soube escolher entre os nomes citados.

Primeiro turno
Intenção de voto estimulada para presidente – cenário COM Sergio Moro (Podemos)

Lula (PT) – 44%
Jair Bolsonaro (PL) – 24%
Sergio Moro (Podemos) – 8%
Ciro Gomes (PDT) – 8%
João Doria (PSDB) – 2%
Simone Tebet (MDB) – 1%
Rodrigo Pacheco (PSD) – 1%
Alessandro Vieira (Cidadania) – 1%
Felipe d’Avila (Novo) – 0%
Branco/nulo/não vai votar – 8%
Indecisos – 4%
Intenção de voto estimulada para presidente – cenário SEM Sergio Moro (Podemos)

Lula (PT) – 44%
Jair Bolsonaro (PL) – 26%
Ciro Gomes (PDT) – 9%
João Doria (PSDB) – 4%
Simone Tebet (MDB) – 1%
Rodrigo Pacheco (PSD) – 1%
Alessandro Vieira (Cidadania) – 1%
Felipe d’Avila (Novo) – 1%
Branco/nulo/não vai votar – 10%
Indecisos – 4%
Intenção de voto espontânea para presidente

Lula (PT) – 35%
Jair Bolsonaro (PL) – 23%
Sergio Moro (Podemos) – 4%
Ciro Gomes (PDT) – 4%
João Doria (PSDB) – 1%
Simone Tebet (MDB) – 0%
Rodrigo Pacheco (PSD) – 0%
Branco/nulo/não vai votar – 6%
Indecisos – 26%
Segundo turno
A Ipespe apresentou sete cenários de segundo turno entre os quatro primeiros colocados na pesquisa.

Cenário 1

Lula (PT) – 54%
Jair Bolsonaro (PL) – 30%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 16%
Cenário 2

Lula (PT) – 50%
Sergio Moro (Podemos) – 31%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 19%
Cenário 3

Lula (PT) – 51%
Ciro Gomes (PDT) – 25%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 24%
Cenário 4

Lula (PT) – 52%
João Doria (PSDB) – 19%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 29%
Cenário 5

Ciro Gomes (PDT) – 45%
Jair Bolsonaro (PL) – 33%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 22%
Cenário 6

João Doria (PSDB) – 42%
Jair Bolsonaro (PL) – 33%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 25%
Cenário 7

Sergio Moro (Podemos) – 35%
Jair Bolsonaro (PL) – 28%
Branco/nulo/não vai votar/indecisos – 37%
Metodologia
A pesquisa foi realizada com 1.000 entrevistados maiores de 16 anos de todas as regiões do país, pelo telefone, entre os dias 24 e 25 de janeiro de 2022.

A margem de erro máximo estimada é de 3.2 pontos percentuais para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95,5% (se 100 pesquisas fossem realizadas, ao menos 95 apresentariam os mesmos resultados dentro da margem de erro).

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR 06408 2022.

Continuar lendo

Cotidiano

Quase 20 crianças de educandário de Rio Branco são vacinadas contra a Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado Saúde (Sesacre) realizou nesta semana uma ação de vacinação contra a covid-19 no Educandário Santa Margarida, em Rio Branco, onde 17 crianças com idades entre 5 e 11 anos foram imunizadas.

A atividade foi organizada por meio da equipe estadual do Plano Nacional de Imunização (PNI), que, em parceria com a coordenação do Educandário, disponibilizou as doses pediátricas, imunizantes que têm composição e frasco diferentes daqueles destinados a adultos e adolescentes.

Quanto a possíveis reações da vacina, Renata Quiles, coordenadora do PNI estadual, explicou que as mais comuns são semelhantes aos sintomas da gripe, como febre, dor de cabeça e mal-estar físico.

A coordenadora afirmou ainda que eventuais reações diferentes dessas devem ser comunicadas às equipes da Saúde para notificação, acompanhamento e tratamento da criança, até o desaparecimento dos sintomas.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Content is protected !!