Conecte-se agora

Ataque de facção criminosa deixa dois mortos e três feridos no Ramal do Pica-Pau

Publicado

em

Dois jovens identificados como Fabrício Santos do Nascimento, de 24 anos e Roney Lima da Silva, de 26 anos, foram executados a tiros e outras três pessoas foram feridas durante um ataque de membros de uma facção em residências localizadas no Ramal do Pica-Pau  situado na região do Amapá, Segundo Distrito de Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, os faccionários chegaram na região em um veículo modelo Fox, de cor prata, em posse de armas de fogo, entre elas, uma submetralhadora. Os criminosos invadiram uma residência e efetuaram vários tiros em uma família.

Durante a ação, o jovem Roney foi morto com quatro projéteis, dois que acertaram a cabeça e mais dois no peito. O cunhado de Roney, identificado como Nilsoncley Pereira Costa, de 18 anos, foi atingido com três tiros na região do pescoço, cabeça e olho. Uma terceira pessoa que não teve o nome divulgado pela polícia, também foi atingido com um projétil no braço, e mesmo ferido a vítima ainda conseguiu pular a janela da casa, fugir dos faccionários e se esconder atrás de uma igreja.

Não satisfeitos, os criminosos saíram da primeira casa e invadiram outra, a casa de Fabrício. Lá os faccionários renderam os filhos e disseram para Fabrício aparecesse, senão matariam seus filhos.

Após ver os filhos na mira dos bandidos, Fabrício saiu de dentro de um quarto aonde estava escondido e foi ferido com dois tiros no peito. Durante a ação dos criminosos, a esposa de Fabrício, identificada como Pâmela Lorana Silva Andrade de 19 anos, foi atingida na perna direita com os estilhaços de um dos projeteis.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada. Quando os paramédicos chegaram ao local, nada puderam fazer por Roney e Fabrício, que já se encontravam mortos. Foi prestado os primeiros atendimentos a Nilsoncley, que foi intubado e encaminhado ao Pronto-Socorro de Rio Branco em estado de saúde gravíssimo. As outras vítimas, Pâmela e o jovem baleado no braço, também receberam os atendimentos e foram conduzidos ao hospital, ambos em estado de saúde estável.

As áreas foram isoladas pela Polícia Militar para os trabalhos do Perito em criminalística. Os corpos foram removidos e encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavérico. Os autores dos crimes não foram presos. Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Delegacia (DHPP) já iniciaram as investigações, em busca de identificar os bandidos. A polícia acredita que os crimes foram motivados pela guerra entre facções.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas