Conecte-se agora

O presidente está vindo; a vacina também!

Publicado

em

O presidente Jair Bolsonaro confirmou a vinda ao Acre para esta quarta-feira. Todo mundo já sabe. Sobre a vinda dele, o governador Gladson Cameli revelou à COLUNA que amanhã, terça-feira (23), antes do Bolsonaro, novas doses de vacina virão na frente.

Segundo ele, o presidente também garantiu que a presidência e o Ministério da Saúde estão dando todas as condições para que o Acre não sofra um colapso no sistema. “Solicitei mais UTIs e usinas de oxigênio, novas doses de vacina estão chegando até terça à noite para vacinarmos o maior número de pessoas”, disse.

Gladson Cameli disse ainda que o governo está muito preocupado com a construção de abrigos para evitar a contaminação do coronavírus, dengue e leptospirose. “Estamos adquirindo borrifadores para combater a dengue”, falou. Sobre a crise migratória na fronteira com o Peru, o governador informou que o governo federal vai dar atenção especial à situação.

“Verdadeiramente a opressão faz endoidecer até o sábio, e o suborno corrompe o coração” (Eclesiastes 7:7)

Cena triste

Quem passa na frente do Into vê ao menos quatro rabecões aguardando para levar os mortos pela Covid-19 para serem sepultados. Não há tempo para velórios e despedidas, apenas um cortejo de pessoas em carros acompanha o morto até a morada final. Muito triste.

É louvável

Os deputados estaduais também estão mobilizados na ajuda aos alagados. Nicolau Júnior e Luís Gonzaga, por exemplo, dão apoio às famílias vítimas da Covid-19, aos alagados e às prefeituras. O momento é de parceria e de ajuda. A eleição fica para o ano que vem.

O PSDB é governo

O governador Gladson Cameli não tem dores de cabeça com o PSDB. O partido faz parte da base de apoio e defende a reeleição de Gladson em 2022. Essa posição é como um mantra no partido.

Distritão, a salvação

A criação do chamado “Distritão” seria o fim das eleições proporcionais pela interpretação que vem sendo dada. O modelo garante a permanência no poder de uma elite política com sérios prejuízos à democracia. O Distritão tem como único objetivo garantir a reeleição de quem já está no mandato. Não pode ser uma reforma política séria. A questão une Bolsonaristas, esquerdistas e centristas na mesma gamela.

Sem propósito

Não vi, mas contaram de uma pesquisa para o Senado que estaria rodando nas redes sociais tão verdadeira como uma nota de sete reais. Como dizia minha avó: “É cada uma que parece duas”.

. O pior de uma alagação não é o rio enchendo, mas vazando;

. Além da erosão e quebra dos barrancos, a contaminação na água se espalha causando vários tipos de doenças.

. O gabinete do deputado Roberto Duarte (MDB) é um dos mais organizados e estruturados na orientação e ajuda aos cidadãos; sua política não é direcionada aos seus eleitores, mas a todas as pessoas que precisam dos serviços públicos.

. Os deputados Luiz Gonzaga (PSDB) e Edvaldo Magalhães (PC do B) também fazem muito bem esse serviço.

. É cedo para colocar campanha eleitoral em campo com vistas às eleições de 2022; muito mais para achar que já ganhou.

. É comum no Acre candidatos a estadual e federal ficarem de fora por pouquíssimos votos.

. Lembro de um caso que foi por apenas um voto.

. O que se fala nos bastidores é que vai chover dinheiro na eleição de 2022, principalmente para o Senado e Câmara Federal.

. O povo vai fazer a festa!

. A Globo bate todo dia no aumento dos combustíveis; o Jair se acostumando resolve mexer na Petrobrás para tentar amenizar a situação…a Globo pau nos couros do Jair.

. É necessário transparência e fiscalização nas doações feitas aos alagados do Acre; o desvio e a corrupção moram ao lado.

. Esse filme já passou antes.

. No passado, teve gente que escondeu doações para comprar votos nas eleições do ano seguinte.

. Quem não lembra, né?!

. Bom dia!

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas