Conecte-se agora

“Atentado à saúde pública”, diz médico sobre bares que fazem promoção na pandemia

Publicado

em

O médico baiano, Paulo Henrique Sampaio Valadares, que trabalha no Sistema de Saúde do Acre, fez um comentário em tom de desabafo, após um internauta acreano defender que bares façam promoções de cervejas em meio à pandemia do coronavírus. O desabafo foi feito nas redes sociais do jornalista Altino Machado.

O comentário ocorreu após o jornalista publicar o cartaz de uma cervejaria de Rio Branco que divulgava promoção de 25% para os clientes que forem ao estabelecimento no horário das 17h às 18h. Dentro do post, o internauta escreveu “Vai quem quer! Viva a democracia”.

Ao responder o internauta, o médico Paulo Henrique Sampaio Valadares lamentou a postura e citou o aumento de casos de Covid-19 e a superlotação das unidades de saúde no Acre.

Para o médico, enquanto houver declarações como essa ‘Vai quem quer! Viva a Democracia’, “morrem milhares daqueles que não querem morrer (pessoas inocentes que são contaminadas por parentes irresponsáveis); correm um risco maior aqueles que são obrigados a se arriscar para exercerem suas profissões (profissionais da saúde, segurança, setor de serviços, etc); gasta-se mais do que poderíamos gastar (Todos os recursos públicos usados no combate à pandemia); Enquanto você afirma “Vai quem quer! Viva a Democracia”, Alunos continuarão sem aula, mais trabalhadores perderão seus empregos e a economia continuará em recessão. Isso não tem nada a ver com “Democracia”. Isso é baderna, abuso, barbárie e ignorância”, escreveu o médico.

Em outro trecho, o médico afirmou que se o Brasil fosse um país sério, estabelecimentos que realizam esse tipo de promoção deveriam ter sua licença de funcionamento suspensa.

“Se estivéssemos em um país sério, os organizadores desse evento seriam presos por atentado à saúde pública. O estabelecimento comercial seria interditado e teria sua licença de funcionamento suspensa enquanto durasse a pandemia. Isso não é o anúncio de uma festa. Isso não será uma festa. Isso será mais um prenúncio de uma tragédia que se aproxima”, encerrou.

Em Rio Branco, 13 estabelecimentos já foram autuados pelo Ministério Público do Acre (MPAC) por descumprir protocolos sanitários na pandemia. Dentre eles: Tonheiros Bar, Tardezinha Grill & Fishes, Seringal Bier, Capone’s Bar, Unibeer Pub e dentre outros.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas