Menu

Pesquisar
Close this search box.

Polícia usará imagens para tentar identificar homem que atirou em trabalhador

FOTO: Davi Sahid/ac24horas
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Sem descartar a hipótese de crime encomendado e previamente planejado, em que Edevaldo Morais da Costa (36) seria alvo, investigadores da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) irão usar imagens de câmeras do Programa Rio Branco Mais Segura, para tentar chegar ao autor dos disparos que atingiram a vítima, que teve de ser internada em estado grave no pronto-socorro.


O homem é trabalhador de uma empresa que presta serviço à Prefeitura Municipal no Programa Asfalta Rio Branco, e foi baleada quando estava no serviço ao lado de colegas na Avenida Amadeu Barbosa, no bairro Canaã.

Anúncios


Baleado no pescoço, tórax, braço e ombro, a vítima permanecia em observação até o início da manhã deste sábado, 20.


No levantamento inicial feito por investigadores da Divisão Especial de Investigação Criminal (DEIC), não existe nenhuma dúvida de que Edevaldo Morais era mesmo o alvo desejado, deixando dúvidas quanto à motivação.


Briga entre facção como sempre é a mais provável, sem descartar um crime sob encomenda ou até vingança. O acusado estava sozinho numa motocicleta e fugiu depois de perceber que havia atingido o alvo. A DHPP tem pressa em esclarecer o crime e já iniciou inclusive a oitiva de testemunhas.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido