Menu

Rio Branco pode pedir reconhecimento de situação de emergência na segunda (26)

FOTO: JARDY LOPES
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, disse em coletiva de imprensa na manhã deste sábado, 24, que pode pedir na próxima segunda-feira, 26, ao Sistema Integrado de Informações sobre Desastres, o reconhecimento da situação de emergência na capital acreana devido às alagações provocadas pela cheia no rio Acre e transbordamento de igarapés.


“O decreto de emergência aqui nós só poderemos fazer quando o nível das águas atingirem realmente um valor muito alto, acredito que pelos 16m, mas esperamos que até segunda-feira tomemos essa decisão. O decreto não pode ser feito muito cedo porque, se feito muito cedo, lá em Brasília eles não reconhecem, então é melhor esperar um pouco mais, a prefeitura tem condições financeiras neste momento de assumir a responsabilidade pelos problemas que estão surgindo. De segunda-feira em diante, se o rio continuar subindo como está, teremos que decretar essa emergência”, disse o prefeito Tião Bocalom.

Publicidade

De acordo com informações divulgadas pela Secretaria de Assistência Social de Rio Branco na manhã de hoje, 73 famílias já foram colocadas em abrigos em razão de alagações, mas o número tem aumentado constantemente. A medição da Defesa Civil municipal feita às 9h no rio Acre em Rio Branco registrou 14,82m no manancial, que ainda não deu sinal de estabilização.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido