Menu

Toniquim deixa vice-presidência da CBF após justiça afastar presidente da entidade

Foto: Sérgio Vale
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, foi afastado do cargo, nesta quinta-feira, 7, pela 21ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.


Os magistrados determinaram ainda que o presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), José Perdiz, assuma a CBF pelo prazo de 30 dias para que conduza uma nova eleição.


Com a decisão, também estão afastados dos cargos os vice-presidentes da entidade que comanda o futebol brasileiro, entre eles, o presidente da Federação de Futebol do Acre (FFAC). Antônio Aquino, o Toniquim.

Publicidade

A decisão ainda cabe recurso e a CBF já anunciou que vai recorrer.


O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro anulou uma série de assembleias da CBF e invalidou a eleição do atual presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues. No entendimento da justiça do Rio, o Termo de Acordo de Conduta, celebrado entre a CBF e o Ministério Público, que permitiu a eleição de Ednaldo no ano passado é ilegal.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido