Menu

Profissionais revelam detalhes do fisiculturismo e alertam sobre anabolizantes sem prescrição

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

A primeira edição do Pôdicast em parceria com o ac24horas, apresentado por David Sento-Sé nesta terça-feira, 5, entrevistou dois especialistas em atividades físicas: a personal trainer, Angela Carvalhosa e seu esposo, coach de atletas de alta performance, Tiago Balbino, onde falaram sobre o fisiculturismo e personal trainer, mitos e verdades sobre medicamentos anabólicos e dificuldade enfrentadas na profissão.


Ambos naturais do estado do Acre, o casal contou suas experiências no esporte, Tiago deixou claro que o esporte requer muita dedicação e treinamento para alcançar resultados expressivos, como o do acreano Ramon Dino.


“Para ser campeão não pode passar a mão na cabeça, não gosto de mimimi, não tenho nem com meu filho. Todo mundo quer ser atleta, ali em cima do palco, o glamour, mas não sabe o que se passa nos bastidores que é fome, treino de alta intensidade e envolve disciplina e dedicação. Na reta final é zero açúcar e carboidratos, só água mesmo. O acreano é bicho ruim”.

Publicidade

A personal Carvalhosa, como é conhecida no ramo, revelou o segredo para as mulheres adquirirem o corpo dos sonhos na academia. “Para ficar gostosa, basta musculação”, citou.


Sento-Sé também tirou uma curiosidade e perguntou ao coach sobre a história de que quem toma anabolizante é impotente sexual, ou o chamado “broxa”. “Isso é inverídico, eu falo que pode ser o bombado que não sabe aplicar, mas é o contrário, pois está aumentando o nível de testosterona”, garantiu Balbino.


Balbino também alertou para os cuidados que os praticantes de atividades físicas precisam ter, principalmente, em ouvir dicas de anabolizantes para aumentar a performance. “Muitas pessoas tomam mais anabolizante que um atleta por achar que é o anabolizante que vai trazer resultado, mas, sim, o sono, a alimentação e treinamento. A melhor variante é o treinamento”, explicou.


O atleta também revelou que conseguiu uma emenda parlamentar de R$ 50 mil reais para realização de evento em abril de 2024 para difusão de esporte. “Um grande evento para divulgar ainda mais o fisiculturismo”, disse.


Um ponto negativo avaliado pela personal Carvalhosa é o fato das academias não liberarem o acesso para treinamento de alunos nas academias particulares, além de uma associação para os funcionários. “A gente tem que pagar uma taxa dependendo da academia, em alguns cantos do Brasil é liberado, mas aqui não”, mencionou.


ASSISTA AO VÍDEO:


video
play-rounded-fill

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido