Menu

IFAC convoca reuniões com pais e estudantes sobre agressão a aluno em Xapuri

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

A reitora do Instituto Federal do Acre (IFAC), Rosana Cavalcante dos Santos, determinou à direção do Campus de Xapuri a mobilização dos representantes de turmas, bem como dos pais e responsáveis de estudantes para reuniões que serão realizadas na próxima quinta-feira, 7, nos períodos da manhã e da tarde, para prestar esclarecimentos acerca do caso de violência de um professor contra um aluno da instituição.


Conforme começou a ser divulgado a partir da última segunda-feira, 4, o professor da instituição, Uilson Fernando Matter, foi denunciado à Polícia Civil de Xapuri por manter em cárcere privado, espancar e tentar dopar um aluno do Curso Integral de Agropecuária, de 15 anos de idade, em sua propriedade rural. Contudo, os fatos ocorreram na segunda-feira da semana passada, dia 27 de novembro, tendo se mantido por mais de uma semana fora do conhecimento da imprensa.

Publicidade

Para os pais e responsáveis dos estudantes dos cursos integrados, a reunião será às 11 horas da manhã. Às 14 horas, será a reunião com todos os representantes de todas as turmas dos cursos integrados e de graduação. A reitora Rosana Cavalcante será representada pelo procurador federal, Breno Fonseca, e pela reitora em exercício, Paola Alvarez.


Na comunicação encaminhada à direção do Campus do IFAC em Xapuri, a reitora diz que “sanadas as medidas emergenciais, resta ainda pendente o diálogo com estudantes e responsáveis, para devolutiva acerca das providências institucionais para esta questão pontual, bem como medidas para evitar ocorrência similar, que não se alinha, em absoluto, aos valores cultivados e defendidos pelo IFAC ao longo de 13 anos de funcionamento no estado do Acre.”


À reportagem, Rosana Cavalcante disse que a instituição está empenhada em resolver situação que chamou de “terrível”. Segundo ela, todos os encaminhamentos administrativos e jurídicos foram feitos, e que agora o momento é de prestar apoio à comunidade. “Ressaltamos nosso repúdio a qualquer forma de violência, dentro ou fora dos muros da instituição, e nosso compromisso junto à comunidade acadêmica para a manutenção de um cultura de paz e segurança”, afirmou.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido