Menu

Exames detectam vírus do Mayaro e Oropouche em seis municípios acreanos

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Exames laboratoriais detectaram novos casos do vírus Mayaro e Oropouche em seis municípios acreanos. Os exames foram confirmados pelo Laboratório Central (Lacen), em Rio Branco.


Segundo as análises, o vírus Oropouche foi detectado em Acrelândia, Brasiléia, Manoel Urbano, Porto Acre e Rio Branco. Já o Mayaro em Cruzeiro do Sul e também na capital. As doenças apresentam sintomas bem parecidos com os da dengue, zika e chikungunya, de acordo com especialistas.

Publicidade

Os casos se confirmaram devido às pessoas procurarem a saúde pública apresentando sinais das doenças. Após os exames, o diagnóstico de dengue foi negativo, e, neste momento, os médicos aprofundaram as pesquisas, sendo os novos exames positivos para as febres do Mayaro e Oropouche.


Conheça os sintomas


A febre de Mayaro é transmitida por diferentes mosquitos, principalmente o Haemagogus (principal transmissor do vírus da Febre Amarela). Sendo os principais sintomas a febre, dores musculares e inchaço nas articulações, que podem persistir por meses, além de manchas vermelhas pelo corpo e até náuseas.


Já o vírus do Oropouche é uma doença transmitida por picada de mosquito, que costuma infectar macacos e bichos-preguiça, além de aves silvestres. Seus transmissores são os mosquitos Aedes serratus, Coquillettidia venezuelensis e o Culicoides paraensis, este último conhecido como borrachudo ou maruim. Os sintomas são bem parecidos: febre, calafrios e dor de cabeça.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido