Comissão da Aleac derruba veto de Gladson a PLs de deputados da oposição

Receba notícias do Acre no grupo de WhatsApp do ac24horas.

A Comissão Especial de Vetos da Assembleia Legislativa do Acre analisou nesta terça-feira (26) vetos totais e parciais do governador Gladson Cameli em projetos de lei aprovados na casa. Um deles recria a isenção do IPVA a portadores de deficiência física, vetado por falta de estudo prévio para a renúncia fiscal. O veto foi mantido.


Outro PL, de autoria d o deputado Pablo Bregense (PSD), tratava de cuidados com os animais nas cavalgadas. O veto também foi mantido.


O PL de autoria do deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB), que trata da criação da Semana Estadual do Músico Acreano, em memória a cantor e compositor Sergio Taboada, foi derrubado por que não envolve gastos financeiros. “Na minha opinião esse veto foi político”, disse Magalhães.


Também foi derrubado o veto ao PL d o deputado Emerson Jarude (Novo) que proíbe pessoa que maltratou animais a ter sua guarda novamente. “É meramente uma interpretação, que não tem gravidade”, disse o relator, deputado Pedro Longo (PDT), para justificar a derrubada do veto.


O PL que cria o programa Mulher Mastectomizada, do deputado Adailton Cruz (PSB), teve o veto parcial mantido. Foi Vetado também o PL do deputado Clodoaldo Rodrigues (Republicanos) atenderia a pessoas com fibromialgia após consulta a conselho da pessoa com deficiência no Acre.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido