Menu

Mãe de Gladson critica opositores e condena pedido judicial de venda de bens: “absurdo”

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Após a Procuradoria Geral da República (PGR) ter peticionado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) pedido de venda antecipada de cinco carros e uma aeronave do governador Gladson Cameli (PP), que foram apreendidos durante a 3ª fase da Operação Ptolomeu, deflagrada em março deste ano, a mãe do chefe do Executivo, Linda Cameli, usou as redes sociais para criticar a solicitação judicial.


Segundo ela, o pedido da PGR não é pertinente. “Não tenho dúvidas, é um absurdo”, declarou.

Publicidade

A matriarca da família ainda criticou supostos envolvimentos de políticos no caso da reintegração de posse da invasão Terra Prometida, em Rio Branco. De acordo com ela, os opositores não terão sucesso. “Se eles pensam que vão ter sucesso político querendo prejudicar minha família, estão muito enganados. A lei do retorno existe”, ressaltou.



INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido