Menu

Pesquisar
Close this search box.

Ifac passa a monitorar o consumo de energia elétrica na reitoria e nos campi

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O Instituto Federal do Acre (IFAC) passou a monitorar o consumo de energia elétrica no prédio da reitoria por meio de um sistema desenvolvido pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), o Portal de Gerenciamento Energético (PGEN).


A instituição é uma das primeiras do setor público a implementar o sistema no Brasil e a primeira na região norte. Além da reitoria, já é possível acompanhar o consumo de energia elétrica em tempo real no Campus Rio Branco.

Anúncios


O PGEN faz parte de um projeto coordenado pelo professor Rafael Rodrigues, do IFSC, que esteve em Rio Branco para iniciar a instalação e configuração dos dispositivos eletrônicos de integração do sistema, inicialmente, na reitoria e nos campi Rio Branco, Sena Madureira e Xapuri.


“O Ifac foi o primeiro Instituto da região norte que começou a colaborar conosco lá atrás, em junho de 2022. Inclusive, eu visitei a obra da reitoria para ver o que era necessário para a gente adaptar”, comentou.


Baseado na interação entre os medidores eletrônicos de energia e o uso da Internet das Coisas, o sistema é considerado uma inovação tecnológica que permite o gerenciamento energético inteligente. Construído em plataforma WEB e computação em nuvem, pode ser acessado de qualquer dispositivo com conexão à internet, por qualquer pessoa, sem a necessidade da instalação de programas específicos.


Com as informações disponibilizadas pelo sistema, a administração do Ifac tem melhores condições para adotar medidas visando à economia de energia e, consequentemente, de despesas no funcionamento da instituição.


De acordo com o engenheiro eletricista, Bruno Maia, que compõe a equipe a frente do projeto no Ifac, nos primeiros dias que o PGEN entrou em funcionamento na reitoria e no Campus Rio Branco já foi possível fazer um diagnóstico do consumo de energia elétrica e de ajustes que poderiam ser feitos.


“No Campus Rio Branco vamos solicitar a redução da demanda contratada. Na reitoria estamos fazendo ajustes na iluminação externa no horário de ponta para reduzir o consumo. Com essas intervenções nas duas unidades do Ifac, estimamos uma redução de cerca de R$ 5 mil por mês nas despesas com energia elétrica”, explicou o engenheiro.


Em breve os campi Sena Madureira e Xapuri também terão acesso aos dados de consumo e, ainda este ano, a equipe do IFSC estará novamente no Acre para a instalação do sistema nos campi Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Baixada do Sol. No Acre, o projeto conta com o apoio técnico da Distribuidora Energisa.


Para a reitora do Ifac, Rosana Cavalcante dos Santos, a adesão ao programa é fundamental para ter uma gestão ainda mais eficiente e reduzir as despesas com energia elétrica.


“A partir desse trabalho poderemos monitorar o consumo da energia e otimizar os recursos da nossa instituição. O sistema também vai servir para os nossos estudantes entenderem que estão numa instituição onde é fundamental desenvolver pesquisa aplicada e inovação tecnológica que tenha uma ampla aplicação na sociedade. A Rede Federal e toda a sociedade ganha com isso”, garantiu a gestora.


Com informações do Portal do IFAC na internet.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido