Menu

Delegado do Gefron pede a ministro capacitação de operadores da segurança

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O delegado Rêmulo Diniz, do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) da Secretaria de Estado de Segurança Pública, revelou no seminário no município de Brasiléia, nesta sexta-feira, 19, as dificuldades do grupo para atuar nos municípios do estado.


Em discurso, Rêmulo cobrou investimentos na capacitação de profissionais para combater o crime organizado. “Peço ao Ministro [Flávio Dino] que precisamos capacitar o operador. É melhor ter um pequeno quantitativo do que um grande quantitativo sem capacitação, não adianta”, explicou.


Diniz revelou também que os grupos faccionados estão inseridos em áreas isoladas, fazendo o terror nas famílias. “Já chegaram a se ajoelhar nos nossos pés. Muitas vezes os faccionados roubam a feira das pessoas e pedem ainda para cozinhar para eles”, ressaltou.

Publicidade

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido