Menu

Primeira mulher a comandar o BPTran quer educar mais do que punir condutores: “se não vai pelo amor, vai pela dor”

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

A tenente-coronel da Polícia do Militar do Acre Cristiane Soares, que recentemente foi nomeada comandante do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) em Rio Branco, concedeu entrevista ao Bar do Vaz nesta terça-feira (18).


O BPTran é responsável pela fiscalização e proteção da área do trânsito tanto na zona urbana quanto na zona rural da cidade, principalmente no atendimento de ocorrências em que há vítimas. Além das operações na capital, o órgão também é responsável pelo trânsito nas rodovias.


“Hoje pode parecer que há menos militares no Centro da cidade porque as competências foram divididas com o Detran e o RBTrans”, explicou.


Ela é a primeira mulher a estar no comando do batalhão especializado. “É um desafio. Entramos para abrir caminhos, mas também pode fechar portas. Espero poder provar competência, pois é uma quebra de barreiras as mulheres estarem comandando batalhões”, destacou.


A tenente-coronel acredita que assumir um posto de alto comando faz com que outras mulheres possam estar em posição semelhante em outras unidades. Vinda de uma família de militares, sente como se a farda fosse uma segunda pele.



Ela nunca imaginou que chegaria ao comando, mas vê como uma condição Natural, já que vem de dois subcomando e trabalha em funções administrativas desde 2015, exercendo atividades técnicas. Mesmo assim, a ida para o batalhão foi uma surpresa.


“Ainda estou me ambientando com o batalhão e o efetivo. Pretendo separar o policiamento urbano do rodoviário, pois atuam com duas abordagens diferentes”, pontua. “Abordagem urbana é diferente. Quero que a gente tenha mais fiscalização, trabalhar com outros órgãos para fazer palestras. A gente pretende educar, mas se não conseguir através do amor, vai pela dor”, avisa.


Para ela, a ideia não é aumentar número de multas, mas trabalhar para que vidas não sejam perdidas no trânsito e que não importa arrecadação de multas, mas a orientação aos condutores.


Veja a entrevista na íntegra:


video
play-sharp-fill


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido