Menu

Acre tem maior alta na devastação da Amazônia em fevereiro

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Após uma queda em janeiro, o desmatamento na Amazônia voltou a crescer em fevereiro. Conforme dados do Imazon, foram derrubados 325 km² de floresta no mês passado. Apesar de apresentarem áreas desmatadas menores do que outros estados, por serem o 7º e 8º em extensão territorial na Amazônia, Roraima e Acre apresentaram altas superiores a 100% no desmatamento em fevereiro.


No Acre, a derrubada passou de 3 km² em fevereiro de 2022 para 7 km² no mês passado, um crescimento de 133%, a maior alta entre os Estados.


A destruição avançou pela metade leste, inclusive dentro da Resex Chico Mendes. Esse território protegido foi a terceira unidade de conservação mais desmatada da Amazônia, com uma área devastada equivalente a 40 campos de futebol.

Publicidade

Com isso, o acumulado do ano ficou como o segundo maior desde 2008, atrás apenas de 2022. Em janeiro e fevereiro deste ano, a Amazônia perdeu 523 km² de floresta, o equivalente a quase 900 campos de futebol por dia.


SAD Janeiro e Fevereiro 2008 a 2023 – Desmatamento na Amazônia cresce 7% e tem o pior fevereiro em 16 anos


Coordenador do Programa de Monitoramento da Amazônia do Imazon, o pesquisador Carlos Souza Jr. afirma que esse aumento evidencia a necessidade das políticas de combate ao desmatamento anunciadas pelo governo federal serem colocadas em prática de forma urgente e em parceria com os estados nas florestas sob maior risco de derrubada. “Através da ciência e da tecnologia, inclusive da inteligência artificial, conseguimos identificar em cada estado quais são as áreas sob maior ameaça de devastação e disponibilizamos essas informações à toda a sociedade por meio do site da plataforma PrevisIA. Os governos podem intensificar e direcionar os esforços de fiscalização para salvar essas florestas”, explica.


Quase metade (48%) do desmatamento registrado em fevereiro ocorreu apenas em Mato Grosso. No estado, a destruição passou de 96 km² em fevereiro de 2022 para 157 km² no mesmo mês de 2023, um aumento de 64%. Com isso, Mato Grosso ficou pelo segundo mês consecutivo no topo do ranking de devastação entre os nove estados que compõem a Amazônia Legal. (Com Imazon).


Acesse os dados do SAD do Imazon: https://imazon.org.br/publicacoes/sistema-de-alerta-de-desmatamento-sad-fevereiro-de-2023/


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido