Menu

Cantora Iana Sarquis diz que Silvio Santos foi incoveniente com ela

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Comemorando um ano de Podcast da Jô, nesta segunda-feira, 20, a cantora Iana Sarquis foi a convidada da noite. Com 43 anos, a acreana natural de Xapuri falou dos desafios e sonhos realizados através da música.


A profissional tinha 19 anos quando começou a cantar profissionalmente, mas já desejava estar no ramo desde os 7 anos de idade. Além disso, ela é enfermeira e tem pós-graduação em marketing, fala inglês, espanhol, francês e um pouco de italiano.


Entre situações que sempre quis realizar, contou como foi o encontro com o apresentador e dono do SBT, Sílvio Santos. Sarquis falou que foi até o programa em São Paulo, junto com a filha em um quadro infantil, mas não gostou das perguntas invasivas do comunicador.

Publicidade

“Achei ele um pouquinho inconveniente. Na verdade é que ele não tem muito freio, fala o que ele quiser. É uma lenda da televisão e ele pode né? Enfim, só fiquei um pouquinho envergonhada”, declarou.


Das dificuldades que já passou, ela já chegou a ganhar 50 reais por show em uma noite e ainda tinha que dividir com um parceiro, mas afirma que no começo não via como problema pois só queria saber de cantar.


“Quando eu comecei a cantar, eu não queria saber de dinheiro, só de estar em cima do palco com um microfone. Eu queria estar ali, porque eu amo isso, mas é preciso a saber se valorizar desde o começo”, disse.


Para Iana, um dos maiores conselhos que dá para quem deseja seguir na carreira, é ter responsabilidade. “Para você conquistar a admiração das pessoas e se segurar no mercado, o mínimo que você deve ter é responsabilidade, fazer o que foi combinado”.


A cantora abordou ainda assuntos voltados ao empreendimento musical, sobre a concorrência, do casamento, inspirações na profissão e como lida com os bêbados nas festas.


“Em termos de atrevimento, graças a Deus é super tranquilo, sempre fui respeitada, agora as pedidas de música é uma confusão. Um pede funk, outro sertanejo e aí tem festa que não dá”, apontou.


video
play-rounded-fill


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido