Menu

Navio-Hospital prioriza atendimentos a crianças e imunização em Cruzeiro do Sul

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Começaram nesta sexta-feira, 10, os atendimentos de saúde da população de Cruzeiro do Sul no Navio-Hospital da Marinha, que chegou ao município na última quarta-feira,8. Além de 27 profissionais de saúde, a embarcação conta com aparelhos de mamografia e ultrassonagrafia ancorada no Bairro da Várzea.


Este ano, segundo o comandante da tripulação, capitão de corveta Thiago Batista Rocha D’Oliveira, a prioridade é o atendimento às crianças e aumento da taxa de vacinação, que será executada em parceria com a secretaria Estadual de Saúde – Sesacre e as secretarias municipais. Este é o segundo ano que há uma pediatra na equipe de saúde com 27 profissionais.


“Ano passado também tinha pediatra na equipe. Percebeu-se a importância do atendimento às crianças e, por isso, temos um pediatra na equipe. A prioridade é pediátrica e a vacinação”, citou.

Publicidade

A dona de casa Priscila Lopes, de Cruzeiro do Sul, que busca atendimento para ela e os 3 filhos, diz que todo ano aguarda a chegada do Navio Hospital. “A gente consulta, faz exame e já leva o remédio, tudo no mesmo dia”.


No dia 20 de fevereiro a embarcação deixará Cruzeiro do Sul e subirá o Rio Juruá passando por Rodrigues Alves, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo. Nestes locais, as equipes atendem não só os moradores das margens do Rio. Para chegar em outras comunidades, a Sesacre e as secretarias municipais disponibilizam meios de transporte e os insumos necessários.


“Os municípios têm esse mapeamento e a gente disponibiliza a equipe e vão pelo meio terrestre com a disponibilização de vans, micro-ônibus e nossa equipe vai e atende essas comunidades isoladas que não estão à margem do Rio Juruá”, contou.


Na quinta feira, 9, o secretário de Saúde, Pedro Pascoal, esteve no navio e em reunião com a equipe exaltou a parceria de mais de 20 anos entre o governo do Estado e a Marinha do Brasil. Ele disse que a presença do navio-hospital fortalece a assistência médica oferecida para as comunidades ribeirinhas, indígenas e os povos que moram mais distante da área urbana das cidades.


“Eles tem especialistas e daremos apoio com algum outro especialista. O mais importante é dar vazão aos exames. Vamos encaminhar as demanda mais urgentes para que sejam feitas aqui na embarcação para tentar reduzir as filas”, destacou Pascoal.


Entre os 27 profissionais da área de saúde da embarcação há médicos clínicos gerais e pediatra, dentistas, radiologista, odontopediatra, buco-maxila facial, cirurgiões dentistas e farmacêuticos. Esta é a 23° viagem do Navio Hospital ao Vale do Juruá.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido