Menu

Caseiro mata patrão em Xapuri e foge para Epitaciolândia, onde confessou o crime

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O crime aconteceu no seringal Cachoeira, colocação Vista Alegre, na divisa entre os dois municípios, um local distante e de difícil acesso. Francisco Campos Barbosa, conhecido popularmente por ‘Chico Abreu’, de 57 anos, foi encontrado morto após 48 horas de desaparecimento. O corpo tinha perfurações de bala.


A ocorrência foi atendida pelo delegado Luís Tonini, de Epitaciolândia, mas em seguida repassada para a Delegacia de Xapuri, pois o local onde o corpo foi encontrado está dentro dos limites deste último município. Os primeiros indícios apontavam para a possibilidade de latrocínio – roubo seguido de morte.


Horas depois, Benigno Queiroz Sales, de 36 anos, conhecido como ‘Banana’, que já vinha sendo investigado por um crime de estupro em Epitaciolândia e que estava trabalhando com caseiro na propriedade da vítima, foi preso como suspeito por uma guarnição da Polícia Militar de Epitaciolândia.

Publicidade

Na delegacia, ele confessou o crime e informou a localização da arma, da moto e de outros pertences da vítima. Ao ser conduzido para Xapuri, ele mostrou onde estavam escondidos os objetos roubados, no bairro José Hassem, em Epitaciolândia. A arma usada no crime estava escondida às margens da BR 317.


Segundo o delegado Luis Tonini, foi constatado que além do tiro nas costas, foi identificado no Instituto Médico Legal – IML – em Rio Branco que a vítima ainda foi enforcada pelo acusado. O caso agora está sob a tutela do delegado de Xapuri Gustavo Neves, que deve pedir a prisão preventiva do suspeito ao Judiciário.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido