Menu

Os prefeituráveis de Rio Branco

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Uma eleição sempre está engatilhada na outra e a próxima é para vereador e prefeito. Na capital, alguns nomes já começam a aparecer para disputar com o prefeito Tião Bocalom (PROGRESSISTAS) que tentará a reeleição. Mara Rocha (MDB), Marcus Alexandre (PT), Ney Amorim (PODEMOS) e Jenilson Leite. Fala-se até na ex-deputada federal Vanda Milani (PROS).


Discorrer sobre eleição para prefeito há cerca de dois anos do pleito é ruim só para quem governa, mas para partidos e candidatos o processo já começou na capital e no interior com possíveis candidatos que começam a ser colocados no tabuleiro. Em Cruzeiro do Sul, por exemplo, que é a segunda maior cidade do Acre, a deputada federal Jéssica Sales (MDB) já se lançou. O mesmo ocorre em vários municípios do Vale do Acre.


O embate maior vai se dar entre candidatos ligados ao governador Gladson Cameli (PROGRESSISTA) e ao PT de Jorge Viana. As duas maiores forças eleitorais que foram excluídas das urnas na última eleição. O PT, inclusive, pretende repetir a receita do Lula construindo um arco de alianças com partidos que compõem a base do governo como o MDB, PSD, PV e PC do B.


“O animal é tão ou mais sábio que o homem: Conhece a medida de sua necessidade, enquanto o homem a ignora”. (Demócrito)


. O secretário de Educação e o adjunto, Aberson Carvalho e Tião Flores respectivamente, devem permanecer como titulares da pasta a partir de janeiro do ano que vem.


. A Educação está pronta para grandes conquistas a partir do ano que vem.


. É o que se escuta, o que se fala nos corredores do Palácio Rio Branco.


.  Cabos eleitorais e similares denunciam na imprensa a loba que pegaram de candidatos na campanha eleitoral.


. O endereço certo para a denúncia é o TRE ou calem-se até a próxima eleição quando estarão apoiando os mesmos candidatos.


. No embalo que vai não duvidem se o senador eleito Alan Rick (União Brasil) suceder o governador Gladson Cameli (PROGRESSISTA).


. Gladson voltará ao Senado, se tudo caminhar nos conformes.


. Quanto à vice, senadora Mailza Gomes (PROGRESSISTA), terá dois anos e meio para tentar viabilizar sua candidatura ao governo.


. É perfeitamente natural se o Gladson Cameli se afastar para disputar o Senado.


. A eleição do deputado Luís Gonzaga (PSDB) para a presidência da Assembleia Legislativa está consolidada.


. O deputado Luiz Tchê (PDT), como um parlamentar muito experiente, sabe muito bem disso.


. Nicolau Júnior (PROGRESSISTA) vai para a primeira secretaria.


. A pergunta é:


. Para onde vai a deputada federal Mara Rocha se o MDB amasiar com o PT como deseja Flaviano Melo e Jorge Viana.


. Não sabe o que é amasiar?


. É exatamente o que os partidos fazem, se mancornam.


. Com o tal do relatório do Ministério da Defesa a montanha pariu um rato.


. Pelo sim, pelo não, o Xandão tem que ficar de olho no peixe e no gato.


. Bom dia!