Menu

Acidente de trânsito que vitimou criança indígena em Cruzeiro do Sul é reconstituído na BR-364

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O acidente de trânsito que matou o menino indígena Katukina, David da Silva Souza 11 anos que foi reconstituído nesta sexta-feira, 21 na BR-364, em Cruzeiro do Sul, onde ele foi atropelado por um caminhão no dia 25 de março deste ano. O menino morreu em 19 de abril, Dia do Índio, em Rio Branco.


A reconstituição foi feita em ação integrada das Polícias Federal, Civil e Polícia Rodoviária Federal Detran, ICMbio, Funai e Prefeitura de Cruzeiro do Sul.

Publicidade

A Polícia Civil solicitou perícia complexa de reprodução simulada dos fatos ao Departamento de Polícia Técnico/Científica
– DPTC, por meio do Instituto de Criminalística – IC.


O inquérito investigativo é presidido pelo Delegado Rafael Távora, que destacou a importância da perícia para conclusão do inquérito.


“Não conseguíamos concluir o inquérito, visto que ainda pairavam dúvidas sobre o caso. Solicitei ao Instituto de Criminalística para produzir esse meio de prova de significativa importância quando da avaliação de uma verdade processual que se quer alcançar. Tínhamos diversos depoimentos e outros laudos, mas ainda faltava uma peça fundamental nesse quebra-cabeça”, disse Távora acrescentando que a reconstituição contou com técnicas avançadas, inclusive com uso de imagens aéreas feitas por drones e operadores certificados.


O delegado aguardará o laudo da perícia para concluir o inquérito e enviar ao Judiciário.


David foi atropelado no BR-364 dentro da terra indígena Katukina. No dia do acidente, o motorista do caminhão, José Glaison Pontes não permaneceu no local do acidente mas retornou para Cruzeiro do Sul e se entregou na Delegacia Geral de Polícia. Ele foi liberado em seguida. Esta é a segunda morte de criança por atropelamento na BR-364.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido