Menu

Pesquisar
Close this search box.

Ney Amorim, Sibá, Zen, Lourival, Leila Galvão e Isaac Piyãko estão na lista de inelegíveis do TCE

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE-AC), divulgou a lista dos considerados inelegíveis nas eleições deste ano. Os dados foram divulgados no site do órgão na última segunda-feira, 15.


De acordo com a extensa lista, quatro deles são candidatos ao Senado da República e seis devem concorrer aos cargos de deputado estadual e federal. Entre os nomes que consta no site do órgão controlador estão o candidato ao senado na chapa majoritária do governador Gladson Cameli, ex-deputado estadual Ney Amorim (Podemos), o também candidato ao senado pelo AGIR, Dimas Sandas, os suplentes Gemil Salim Abreu Junior (União Brasil) e o ex-deputado federal Sibá Machado do PT.

Anúncios


Também figuram na lista dos inelegíveis, os ex-secretários estaduais Idésio Luis Franke (PT), o deputado estadual Daniel Zen (PT), Lourival Marques de Oliveira Filho (MDB), além de Mazinho Serafim (PL), prefeito de Sena Madureira, a ex-prefeita de Brasiléia, ex-deputada estadual Leila Galvão (MDB) e o ex-prefeito de Marechal Thaumaturgo, candidato a deputado, Isaac Silva Piyãko.


Outros nomes de menor relevância, haja vista que, não serão candidatos aos cargos públicos, está o prefeito do município do Bujari, Edvaldo Teles Padeiro, o prefeito de Feijó, Kiefer Cavalcante, Benê Damasceno, prefeito de Porto Acre, e os ex-prefeitos de Cruzeiro do Sul Ilderlei Cordeiro, Vagner José Sales e Zila Bezerra.


De acordo com os trâmites, a relação com os respectivos nomes foi encaminhada ao Tribunal Regional Eleitoral do Acre(TRE-AC) e caberá aos promotores eleitorais ingressarem com o pedido de impugnação dos registros dos respectivos candidatos inelegíveis que pretendem concorrer no pleito de 2022.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido