Conecte-se agora

Jogados ao chão – por Irailton Lima

Publicado

em

A estátua de Chico Mendes na Praça Povos da Floresta foi vandalizada e segue jogada ao chão faz já três dias. Com ela estamos todos nós, jogados ao chão num inequívoco sinal do desprezo de nossas elites políticas ao que um dia pode ter representado quem somos e de onde viemos. O desprezo pela arte que simboliza Chico Mendes é o equivalente ao desvalor de nossas raízes e tudo aquilo que nos permitiu ao longo da história nos constituirmos como acreanos.

Chico Mendes é um herói nacional, aclamado pelas leis da República como Patrono do Meio Ambiente, e talvez o único acreano a nomear praças, parques e ruas em cidades pelo mundo. Para nós ele representa o seringueiro, esse ancestral nordestino que enquanto lutava para dominar os mistérios da floresta foi nos constituindo como povo singular dotado de uma cultura e uma identidade própria.

O seringueiro acreano deveria ser valorizado por nós como o colono americano é visto pelo povo de lá: fundador da nação. Com a valiosa diferença de ter aprendido a conviver e a dividir esse chão com os nativos da terra, coisa que o colonizador europeu se recusou a fazer por lá. O seringueiro em seu trabalho diário na floresta, extraindo leite, fabricando péla de borracha e produzindo em seu pequeno roçado é parte da nossa história cotidiana. Um cotidiano que vai assimilando estratégias de vida, construindo lendas, estabelecendo valores, preferencias e, assim, constituindo uma cultura.

É essa parte, a cultura, que não cessa de viver em nós, porque estimula sentimentos primitivos e nos induz à empatia por quem sente o mesmo que sentimos. É esse sentimento que faz com que uma pessoa sinta proximidade e segurança quando encontra um compatriota em terra estrangeira. É a sensação de que se compartilha o idioma falado, a comida desejada e a música ouvida que nos faz sentir à vontade com quem nunca nem vimos antes. E isso é parte de nossa identidade no sentido antropológico, no sentido mais profundo quando identidade gera pertencimento e confiança.

Um povo sem identidade é como uma pessoa sem face, incapaz de reconhecer a si mesma no espelho. A destruição da memória e de tudo aquilo que organiza e estrutura a cultura das pessoas de um lugar é o a forma mais violenta de lhes retirar a vida. A perda da cultura é a parda do sentido e do significado de estar e ser de um lugar. Matar a memória de Chico Mendes é como ir matando aos poucos cada um de nós, acreanos. É negar que sejamos quem somos, substituídos pelo sertanejo das fivelas reluzentes e a polenta no lugar do pão-de-milho. Não nos enganemos: quem na condição de gestor público responsável pela preservação dos bens coletivos despreza a estátua de Chico Mendes, despreza quem somos como herdeiros de um povo que aprendeu a viver e amar a floresta.


Irailton Lima
Sociólogo

Acre

Dia do Cosplay é criado em Acre e será comemorado em 21 de julho

Publicado

em

Os amantes do Cosplay vão ter um dia para chamar de seu no calendário de eventos da prefeitura de Rio Branco.

O prefeito Tião Bocalom publicou sanção no Diário Oficial desta terça-feira, 9, da criação do Dia Mundial do Cosplay que vai ser comemorado a partir de agora todos os anos no dia 21 de julho.

Cosplay é a junção das palavras costume [traje, fantasia] e roleplay [brincadeira, interpretação]. O cosplay é, na verdade, um hobby que consiste em fantasiar-se de personagens, geralmente de quadrinhos, games e desenhos animados japoneses.

O autor da Lei que cria o Dia do Cosplay é do vereador Fábio Araújo (PDT).

Continuar lendo

Acre

Governo abre 80 vagas de estágio para diversas áreas no Acre

Publicado

em

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (SEPLAG) publicou nesta segunda-feira, 8, o edital n° 05/2022 para a seleção de 80 estagiários de diversos cursos, que atuarão nas áreas de Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Estadual.

O processo seletivo, será realizado por intermédio do instituto Euvaldo Lodi (IEL), e tem a validade de 24 (vinte e quatro) meses.

Para se candidatar, é preciso enviar para o e-mail [email protected], até às 23h59 do dia 19 de agosto, Ficha de inscrição, Histórico Escolar com notas do 1° semestre de 2022, cópia do RG e CPF e Declaração de matrícula da instituição de ensino.

Serão 20 vagas para o curso de Administração, 15 para Ciências Contábeis, 20 para Sistema de Informação, 10 para Tecnólogo em Gestão Pública, 10 para Recursos Humanos e 5 para alunos de português.

Os candidatos selecionados devem ter disponibilidade de 20 ou 30 horas semanais, podendo atuar durante os turnos matutino ou vespertino, e receberão bolsa de R$ 420 ou R$ 630, mais R$ 154 de auxílio transporte.

A lista com o resultado preliminar será divulgado em até 10 (dez) dias úteis após a entrega da documentação, no Diário Oficial do Governo (DOE).

Confira aqui o edital completo.

Veja aqui ficha de inscrição.

Continuar lendo

Acre

Mais de 111 mil acreanos recebem Auxilio Brasil que chega até R$ 708

Publicado

em

O calendário de pagamentos do Auxílio Brasil em agosto começa nesta terça-feira (9) no Acre com valores que vão de R$605,39, em Acrelândia, a R$708,21 em Santa Rosa do Purus -este um dos maiores valores médios do País neste mês. Mais de 111,1 mil recebem o benefício, acrescido do auxílio-gás, em todo o Estado.

Já estão recebendo beneficiários com o Número de Identificação Social (NIS) com final 1. Os repasses seguem até o dia 22 para o último grupo do mês, com final de NIS Zero

Segundo o Ministério da Cidadania, o Auxílio Brasil atinge em agosto de 2022 o maior patamar da história dos programas de transferência de renda do Governo Federal. Com a inclusão de mais de 2,2 milhões de novas famílias, um total de 20,2 milhões de beneficiários em condição de vulnerabilidade social vai receber o mínimo de R$ 600 neste mês.

A inclusão de mais de 2,2 milhões de famílias de julho para agosto garantiu atendimento pleno de todas as famílias que apresentavam, no Cadastro Único, perfil para serem contempladas. Levando em conta o histórico do Auxílio Brasil, implementado em novembro de 2021, são mais de 7,1 milhões de famílias adicionadas ao longo dos últimos dez meses, outro patamar inédito.

Continuar lendo

Acre

Aliados de Bittar são exonerados de seus cargos no governo

Publicado

em

Com a confirmação da candidatura do senador licenciado Márcio Bittar ao governo do Acre pelo União Brasil, cargos comissionados de sua indicação começam a ser exonerados do governo do estado.

No Diário Oficial desta terça-feira, 9, Luiz Felipe Aragão Werklaenhg, que ocupava o cargo de Secretário de Desenvolvimento Urbano e Regional do Acre (SEDUR) desde fevereiro do ano passado, indicado por Bittar foi exonerado.

Além de Luiz Felipe, foram exonerados ainda o diretor Marcelo Augusto Alves Freire, os chefes de departamento Eduardo Queiroz Yarzon e Robson Diego Vidal Barros, e ainda Paula Lauandra Guimarães Oliveira, que era nomeada em uma CEC-5.

O governo não anunciou quem será o substituto de Luiz Felipe no cargo de secretário e os demais substitutos dos cargos exonerados.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!