Conecte-se agora

Auxílio Emergencial: pais solteiros terão complemento que pode chegar a R$ 3 mil; entenda

Publicado

em

O governo vai pagar uma cota complementar do Auxílio Emergencial para pais solteiros ou chefes de família que criam os filhos sozinhos, sem cônjuge, companheira ou companheiro. O pagamento será o equivalente a até cinco parcelas de R$ 600, mesmo valor pago entre abril e agosto de 2020. Para ter direito a esse complemento, o chefe de família deve ter sido beneficiário do Auxílio Emergencial pago entre abril e agosto de 2020.

De acordo com o Ministério da Cidadania, os repasses estão previstos para ocorrer no início deste ano. O calendário será divulgado em breve.

A regulamentação do pagamento considera família monoparental com homem provedor o grupo familiar chefiado por homem, sem cônjuge ou companheira(o), composto por pelo menos uma pessoa menor de 18 anos de idade.

O complemento será de R$ 600, referente às parcelas do Auxílio Emergencial pagas entre abril e agosto de 2020. Se o beneficiário recebeu as cinco parcelas, por exemplo, terá direito a receber R$ 3 mil.

O objetivo da complementação é equiparar o valor ao recebido pelas mães monoparentais no período, que foi de R$ 1.200, totalizando R$ 6 mil com as cinco parcelas.

O pagamento vale para quem se cadastrou pelo aplicativo ou site do Auxílio Emergencial e também para quem recebeu o benefício por fazer parte do antigo Bolsa Família ou ser inscrito no Cadastro Único.

Os homens provedores de família monoparental beneficiários do Auxílio Emergencial serão selecionados automaticamente, considerando:

– os responsáveis familiares elegíveis à cota simples (R$ 600) em abril de 2020 incluídos em famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família;

– os responsáveis familiares elegíveis à cota simples (R$ 600) incluídos em famílias cadastradas no Cadastro Único, conforme a base de dados de 2 abril de 2020;

– os demais beneficiários elegíveis com cota simples inscritos via plataformas da Caixa, desde que não exista outra pessoa no mesmo grupo familiar que tenha se declarado como chefe de família.

Não será pago o complemento caso haja na família mulher que teve direito à cota dupla (R$ 1.200) do Auxílio Emergencial em 2020.

O pagamento não será realizado ainda caso o beneficiário tenha indicativo de óbito registrado no Sistema Nacional de Informações de Registro Civil (SIRC) ou no Sistema de Controle de Óbitos (Sisobi) ou tenha o CPF vinculado à concessão de pensão por morte.

O Ministério da Cidadania fará a análise das informações cadastrais da base de dados do Cadastro Único para fazer o pagamento.

No total, o Ministério da Cidadania estima beneficiar 1,283 milhão de famílias de homens monoparentais.

Crédito de R$ 4,1 bilhões

O governo federal editou, no dia 24 de dezembro, a Medida Provisória 1.084/2021, que abriu crédito extraordinário no valor de cerca de R$ 4,1 bilhões em favor do Ministério da Cidadania para custear esse pagamento.

Em 2020, apenas mulheres monoparentais receberam o pagamento de cota dupla (R$ 1.200) do Auxílio Emergencial. Elas tinham que estar inscritas no Cadastro Único ou preencher formulário em plataforma digital do Auxílio Emergencial até 2 de julho de 2020. Em 2021, o Congresso decidiu estender a cota complementar para os homens monoparentais, por meio da lei 14.171/21.

Como o cadastro pelo aplicativo ou site da Caixa não permitia que os homens marcassem a opção de chefe de família, será verificado se o beneficiário de cota simples não tem cônjuge ou companheira, se há pelo menos uma pessoa menor de 18 anos de idade na família, e se não houve concessão de benefício de cota dupla para outra beneficiária ou marcação de chefe de família por outra pessoa no mesmo grupo familiar.

Como consultar

Os beneficiários poderão consultar se vão ter direito ao complemento por meio do link https://consultaauxilio.cidadania.gov.br//consulta/#/.

Ali, é preciso colocar o CPF, nome completo, nome da mãe ou se tem mãe desconhecida e data de nascimento.

Auxílio acabou em outubro

Lançado em abril de 2020 para ajudar os trabalhadores prejudicados pela pandemia, o Auxílio Emergencial acabou em outubro de 2021, após 17 meses e 16 parcelas, deixando pelo menos 22 milhões de brasileiros sem o benefício.

No ano passado, o Auxílio Emergencial pagou 9 parcelas de abril a dezembro – 5 de R$ 600 e 4 de R$ 300, podendo chegar ao dobro para mães solteiras – para 66 milhões de pessoas. Já no ano passado, os pagamentos foram retomados entre abril e outubro, porém, com valores menores – de R$ 150 a R$ 375 – e para um número bem menor: 39,4 milhões de brasileiros.

A saída de quem se viu sem essa renda foi tentar o Auxílio Brasil, que substituiu o Bolsa Família em novembro deste ano. Mas, por enquanto, o programa só está atendendo quem já estava no Bolsa.

Com o fim da ajuda emergencial, milhares de brasileiros estão tendo que se virar sem emprego e sem dinheiro nem mesmo para colocar comida na mesa.

Destaque 3

Croácia bate Japão nos pênaltis, avança às quartas de final e pode pegar o Brasil

Publicado

em

Por

A Croácia se classificou às quartas de final da Copa do Mundo e pode entrar no caminho da seleção brasileira. Nesta segunda-feira (5), os croatas bateram o Japão nos pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar, e carimbaram a vaga na próxima fase do Mundial.

A seleção croata agora aguarda o vencedor do confronto entre Brasil e Coreia do Sul para saber quem será seu adversário nas quartas. O duelo da Canarinho contra os sul-coreanos acontece ainda nesta segunda.

O jogo

O primeiro tempo foi marcado por muito equilíbrio entre as duas equipes, que foram a campo com propostas diferentes. A Croácia se lançou ao ataque, manteve a posse de bola e pressionou o Japão, que jogou recuado na maior parte do tempo, mas mostrou muita eficiência nas saídas de bola, com toques precisos, de pé em pé.

O duelo tático não foi dos mais empolgantes, mas teve um vencedor na primeira etapa. Aos 42 minutos, após jogada trabalhada em escanteio pela direita, Doan cruzou para a área, a bola desviou em Yoshida, e Maeda completou para o fundo do gol.

A Croácia, no entanto, superou a dificuldade que teve para converter as chances criadas em gols logo no início da segunda etapa. Aos nove, Lovren cruzou da intermediária, e Perisic desviou de cabeça para deixar tudo igual.

O Japão sentiu o gol, e a Croácia aproveitou o momento de superioridade para tentar virar. Aos 17, Modric mandou uma bomba da entrada da área e obrigou Gonda a fazer grande defesa. Já aos 20, em jogada muito parecida com a que culminou no gol de empate, Budimir cabeceou para fora.

A seleção japonesa conseguiu se segurar bem, mas praticamente não ofereceu mais perigo. Já os croatas mantiveram o domínio, mas desaceleraram na reta final, e o jogo foi para a prorrogação.

A primeira etapa teve a mesma tônica do tempo regulamentar. A Croácia dominou as ações do jogo, e o Japão tentou tirar o zero do placar no contra-ataque. A melhor chance foi da seleção japonesa. Aos 14 minutos, Mitoma arrancou do campo defensivo até a entrada da área e mandou uma bomba para grande defesa de Livakovic.

O desgaste físico ofuscou o desempenho das duas seleções no segundo tempo, e a partida ficou truncada, sem grandes chances de gol. Com a manutenção do empate, a vaga para as quartas de final foi decidida nos pênaltis. Os japoneses erraram três cobranças, e os croatas apenas uma, garantindo a classificação.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS:

video
play-rounded-fill
Continuar lendo

Destaque 3

Inglaterra bate Senegal, confirma favoritismo e avança às quartas da Copa do Mundo

Publicado

em

Por

A Inglaterra está classificada para as quartas de final da Copa do Mundo. Neste domingo (4), a seleção inglesa venceu Senegal por 3 a 0 e carimbou sua vaga na próxima fase do Mundial.

Os ingleses agora terão pela frente a França, que venceu a Polônia neste domingo e também confirmou sua vaga. O confronto está marcado para o próximo sábado (10), no estádio Al Bayt.

O jogo

Senegal começou bem, dificultando a saída de bola da Inglaterra e levando perigo ao gol de Pickford. Mas o equilíbrio durou até os ingleses abrirem o placar.

Aos 38 minutos, Bellingham invadiu a área pela esquerda e rolou para Henderson mandar para o fundo da rede. Os senegaleses sentiram o gol, e os ingleses aproveitaram o momento para ampliar.

Aos 47, Bellingham roubou a bola e acionou Foden, que rapidamente mandou para Kane. O atacante chutou cruzado, sem dar chances de defesa para o goleiro Mendy.

O segundo tempo foi de amplo domínio da Inglaterra, que decretou a vitória por 3 a 0, com Saka. Aos 11, o atacante aproveitou bom passe de Foden e fechou a conta.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS:

video
play-rounded-fill
Continuar lendo

Destaque 3

Mbappé brilha, França despacha Polônia de Lewandowski e avança às quartas da Copa

Publicado

em

Por

A França está nas quartas de final da Copa do Mundo. Neste domingo (4), a seleção francesa contou com o brilho de Mbappé para vencer a Polônia por 3 a 1 e confirmar sua vaga na próxima fase do Mundial.

Com o resultado, a França aguarda o vencedor de Inglaterra x Senegal para saber quem será seu adversário na próxima fase da Copa. As duas seleções vão a campo ainda neste domingo.

O jogo

A França foi superior no primeiro tempo, mas se deparou com uma Polônia bem organizada e, por vezes, ofensiva. Tanto que foram os poloneses que tiveram a primeira grande chance do jogo. Aos 37 minutos, Kaminski ficou com a sobra dentro da área e obrigou Varane a salvar em cima da linha.

Mas logo na jogada seguinte Giroud abriu o placar para a seleção francesa. Aos 43, Mbappé recebeu na esquerda e cruzou na medida para o camisa 9 estufar a rede e se isolar como maior artilheiro da história da França.

O segundo tempo teve a mesma tônica da primeira etapa. Os franceses tiveram o controle de jogo e criaram mais oportunidades. Já a Polônia se revezou entre momentos ofensivos e defensivos, já que tinha que precisava buscar o empate, mas não podia deixar a França ampliar.

Quem levou a melhor na disputa tática foi a seleção francesa, que aproveitou os espaços cedidos pela Polônia para marcar o segundo em um contra-ataque mortal. Aos 28, Griezmann deu um chutão para frente e achou Giroud no meio-campo. O atacante dominou e abriu na direita para Dembélé encontrar Mbappé livre do outro lado do campo. O camisa 10 dominou, e mandou uma bomba indefensável da entrada da área.

E ainda teve tempo para Mbappé marcar outro golaço. O craque recebeu Thuram dentro da área, ajeitou rapidamente para o pé direito e bateu colocado. Szczesny ainda a tocou na bola, que parou no ângulo.

Antes de o árbitro decretar o fim do jogo, a Polônia descontou. Com auxílio do VAR, viu toque de mão na bola de Upamecano e marcou pênalti. A princípio, Lloris defendeu a cobrança de Lewandowski, mas o goleiro se adiantou, e o juiz mandou voltar. Na segunda tentativa, o camisa 9 polonês não decepcionou e mandou para o fundo da rede.

VEJA O VÍDEO: 

video
play-rounded-fill
Continuar lendo

Destaque 3

Com gol de Messi, Argentina vence a Austrália e avança às quartas da Copa do Mundo

Publicado

em

Por

A Argentina vai enfrentar a Holanda nas quartas de final da Copa do Mundo. Na tarde deste sábado (3), a Albiceleste venceu a Austrália por 2 a 1 e carimbou sua vaga na próxima fase do Mundial.

O duelo entre holandeses e argentinos será disputado na próxima sexta-feira (9). O vencedor do confronto pode entrar no caminho do Brasil em uma eventual disputa de semifinal.

O jogo

A Argentina teve muita dificuldade para encontrar espaço no primeiro tempo. Sem Di María, a Albiceleste concentrou suas jogadas pelo meio-campo, mas parou no compacto bloqueio defensivo australiano. A consequência foi uma partida truncada e de raras chances de gol.

O sucesso do sistema defensivo encorajou a Austrália a atacar e, por um momento, a seleção da Oceania teve o controle da partida. Mas a tentativa de ditar as ações do jogo durou pouco. Aos 34, após boa troca de passes, Messi bateu colocado para abrir o placar.

Com a vantagem, a Argentina teve mais tranquilidade para administrar o jogo no segundo tempo. Já a Austrália conseguiu se complicar. Aos 11 minutos, o goleiro Mat Ryan se atrapalhou na saída de bola e entregou o ouro para Julián Álvarez ampliar.

A vitória da Albiceleste parecia encaminhada, mas um gol de Goodwin, aos 31, colocou fogo no jogo. Os australianos se lançaram ao ataque em busca do gol de empate e quase conseguiram com Behich, aos 35.

A ofensiva da Austrália gerou espaço para a Argentina contragolpear. Aos 42, Lautaro Martínez teve a chance de marcar o terceiro gol, mas isolou. Pouco tempo depois, aos 47, o atacante teve mais uma oportunidade, mas parou em Mat Ryan. O jogo seguiu eletrizante até o apito final, mas sem alterações no placar.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS:

video
play-rounded-fill
Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.