Menu

Anízio ataca Michelle, que fica constrangida e N. Lima dá “carão”

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

A sessão da Câmara de Vereadores de Rio Branco nesta quinta-feira, 09, foi marcada por um momento tenso entre a parlamentar, Michelle Melo (PDT) e o Superintendente de Transporte e Trânsito de Rio Branco (RBtrans), Anízio Cláudio de Oliveira Alcântara.


O Superintendente esteve junto à Casa Legislativa para prestar contas sobre o repasse que vem sendo efetuado ao Sindicato das Empresas do Transporte Coletivo (Sindcol) em relação ao subsídio das gratuidades.


O momento tenso ocorreu após o superintendente da RBTrans, revelar que R$ 2,1 milhões já foram repassados às empresas do sistema do transporte coletivo da capital. Na audiência, os parlamentares apontaram a falta de cumprimento do Termo de Ajuste de Conduta (TAC) assinado pelas empresas.

Publicidade

Nas suas indagações, Michelle Melo (PDT) questionou o montante do repasse feito, já que no Projeto de Lei (PL) se previa apenas um repasse adiantado de três meses, ou seja, R$ 900 mil, no entanto, a gestão já repassou mais de R$ 2,1 milhões em menos de dois meses de aprovação do PL de um total de R$ 2,4 milhões.


Ao responder Michelle, Anísio Alcântara afirmou que já tinha prestado os esclarecimentos e encaminhado à Casa o motivo da antecipação de um repasse maior do que previsto nesses primeiros meses, desde a aprovação do PL.


“A sua fala foi meramente política e a minha função na RBtrans é técnica. Com relação a lei, eu não posso contribuir muito, nós já lemos duas vezes, a justificativa foi feita e encaminhada para essa Casa. A outra alternativa é pedir que façamos a leitura outra vez. A senhora tá unicamente pelo viés político e eu não consigo responder assim, só tecnicamente. Começamos em janeiro, administrar um cachorro morto e o que o gestor atual pode fazer é mudar o cenário que vem sendo construído e tudo dentro de um corpo técnico”, afirmou o superintendente.


Em seguida, o presidente da Casa Legislativa, N. Lima, repreendeu o superintendente da RBTrans. “Aqui não tem agressão política, nem viés político e a vereadora se expressou dos fatos que ouviu e vossa excelência se pontue na sua explicação técnica. O senhor não tem que entrar no viés político. O senhor se mantenha na sua explicação”, afirmou


Por fim, a vereadora, Michelle Melo, lamentou o modo da resposta do Superintendente, Anizio Alcantara, às suas indagações.


“Espero que o modo dessa resposta não seja porque eu sou mulher. Vários vereadores fizeram seus questionamentos e o senhor respondeu a todos de um modo muito bem educado”, afirmou Michelle.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido