Conecte-se agora

Bolsonaristas vão às Ruas, incentivam presidente a fechar Supremo e impedir medidas restritivas

Publicado

em

Como ocorre em todo o país, centenas de defensores do presidente da República, Jair Bolsonaro, foram às ruas manifestar apoio ao militar e incentivar medidas mais duras contra governadores, prefeitos e até contra membros do Supremo Tribunal Federal (STF). Em um vídeo enviado à reportagem do ac24horas na tarde deste sábado (1°}, a Avenida Ceará, foi tomada por veículos de grande e pequeno porte. Além de eleitores que vestindo verde e amarelo manifestam apoio ao presidenciável.

De acordo com o defensor do militar, Adalberto Santana, caminhoneiro, a manifestação visa seguir as diretrizes nacionais, e ocorre em defesa do voto impresso e da abertura do comércio sem restrição durante a pandemia e contra o STF (Supremo Tribunal Federal), e a todos que fazem oposição ao governo federal. “Nunca vi algo assim, estamos unidos contra a esquerda”, comentou.

Curiosamente, quem vai às ruas no 1º de maio, Dia do Trabalhador, são as centrais sindicais que, por segurança, organizaram encontros virtuais pelo segundo ano consecutivo de pandemia. Ocorreram atos de Bolsonaristas em capitais como São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre e Fortaleza, e também em cidades do interior.

[videopress 6TORXkuS]

Acre 01

Jéssica Ingrede chora com entrada de Weverton no jogo do Brasil: “É do Acre”

Publicado

em

A Influenciadora Jéssica Ingrede, que está no Catar cobrindo os jogos da Copa do Mundo pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), se emocionou com a entrada do goleiro Weverton na partida Brasil e Coreia do Sul, nesta segunda-feira, 5.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, a blogueira chorou e gritou muito o nome do jogador, que estreia no campeonato e representa o primeiro acreano a participar do Mundial.

“Vai Weverton, é do Acre para o Catar. Orgulho, eu sabia que Deus ia dar essa oportunidade para ele”, disse Jéssica.

Assista ao vídeo:

Continuar lendo

Acre 01

Botequeiros se reúnem no tradicional Bar do Zé do Branco para torcer pelo Brasil; veja vídeo

Publicado

em

Quem gosta de tomar uma cerveja gelada costuma dizer que não há igual a magia de um boteco. Exatamente por isso, enquanto muitos acreanos procuram assistir jogos no shopping ou em bares mais sofisticados, a turma dos bons e velhos botequeiros mantém a tradição de torcer nos velhos e bons botecos de Rio Branco.

Um dos botecos mais conhecidos de Rio Branco é o Bar do Zé do Branco, localizado no Bairro da Base, em Rio Branco. Zé do Branco tem uma clientela fiel, atraída pela cerveja gelada e pela boa comida que inclui buchada e outros pratos típicos.

“Vim aqui a vida toda, não tem lugar melhor”, diz Fernando Martins, cliente fiel com sua cerveja na mão.

Zé do Branco conta que está há mais de trinta anos no mesmo lugar. O comerciante revela os segredos para há mais de três décadas ter o bar sempre lotado. “O boteco na realidade é aquele lugar que tem uma boa comida, uma cerveja gelada e um bom bate papo. É isso que um botequeiro gosta, por isso que o meu bar sempre tem cliente. Aqui, eu já vi de tudo que possa imaginar”, conta Zé do Branco.

Assista ao vídeo:

Continuar lendo

Acre 01

Após reação negativa, Bolsonaro volta atrás em corte de verba das universidades federais

Publicado

em

O governo de Jair Bolsonaro (PL) recuou dos bloqueios de verba às universidades federais que haviam sido feitos na última segunda-feira, 28. As instituições passaram a ter os recursos disponíveis em seus sistemas às 11h desta quinta-feira, 1.

A informação é do jornal Estadão, que apurou que os reitores, no entanto, temem que o dinheiro possa ser bloqueado novamente e correm para empenhá-lo. Ainda não há informações sobre a razão para o desbloqueio.

A medida havia travado cerca de R$ 1,4 bilhão na área da Educação, sendo R$ 344 milhões de universidades. Segundo o Estadão apurou, os reitores, no entanto, temem que o dinheiro possa ser bloqueado novamente e correm para empenhá-lo. Ainda não há informações sobre a razão para o desbloqueio.

No Acre, a Universidade Federal do Acre (Ufac) teve um bloqueio de mais de R$ 5 milhões no orçamento com o novo bloqueio de verbas do Ministério da Educação (MEC). Já o Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Acre (Ifac) teve R$ 1.939.452,91 bloqueados em relação a repasses realizados pelo governo federal.

A associação que reúne reitores das federais (Andifes) afirmou que “seguirá atenta aos riscos de novos cortes e bloqueios e manterá o diálogo com todos os atores necessários, no Congresso Nacional, governo, sociedade civil e com a equipe de transição do governo eleito para a construção de orçamento e políticas necessárias para a manutenção e o justo financiamento do ensino superior público.”

Na semana passada, a Andifes havia afirmado que o corte inviabilizava “as finanças de todas as instituições” e reclamado do bloqueio de dinheiro durante o jogo da seleção brasileira contra Suíça pela Copa do Mundo. A associação afirma que ainda aguarda o desbloqueio de R$ 438 milhões do orçamento das universidades feito em junho pelo governo Bolsonaro. E que esses recursos são “fundamentais para fechar o ano”.

Muitas universidades têm atrasado contas de luz e dizem que não tem como manter os serviços, bolsas e até pagamentos de salários com os cortes sucessivos promovidos pelo governo atual.

Na terça-feira, 29, o MEC havia informado, em nota, que havia recebido a notificação do Ministério da Economia a respeito dos bloqueios orçamentários realizados. “É importante destacar que o MEC mantém a comunicação aberta com todos e mantém as tratativas junto ao Ministério da Economia e à Casa Civil para avaliar alternativas e buscar soluções para enfrentar a situação”, apontou a pasta.

Já o Ministério da Economia, no mesmo dia, afirmou que foi indicada no relatório de receitas e despesas do quinto bimestre uma “necessidade de bloqueio de R$ 5,67 bilhões para cumprimento do teto de gastos, em virtude do aumento da projeção de despesas obrigatórias”.

Continuar lendo

Acre 01

Após reclamações do público, governo põe tenda em arquibancada da Concha Acústica

Publicado

em

Após uma série de problemas ocorridos na transmissão do primeiro jogo do Brasil na copa, a Secretaria de Turismo e Empreendedorismo do governo do Acre resolveu colocar uma tenda na arquibancada da Concha Acústica, no Canal da Maternidade, na manhã desta segunda-feira, 28.

Além disso, a transmissão do jogo, que havia sido feita pela internet na primeira vitória da seleção, agora é feita por meio digital com uma antena sincronizada diretamente à TV Globo, emissora detentora dos direitos de transmissão da Copa.

Assista ao vídeo:

play-rounded-fill
Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.