Conecte-se agora

Doação de leite materno pode ser agendada por telefone, informa maternidade

Publicado

em

Quando um bebê nasce prematuro, ou com baixo peso, a alimentação é um processo que se torna mais complexo, pois o recém-nascido fica em unidade de terapia intensiva (UTI) neonatal. Sua capacidade de sucção ainda não está madura e, ainda, por questões biológicas ou psicológicas, nem sempre a mãe consegue realizar a amamentação ou extrair o leite para alimentá-lo. Por isso, a doação de leite humano é um ato em favor da vida.

A ação ajuda a reduzir a mortalidade materna e neonatal no país e, em Rio Branco, a unidade-referência para doação é o Banco de Leite Humano (BLH) Bárbara Heliodora . Basta uma ligação para o número (68) 3215-4813, para que a equipe da unidade se dirija à residência da doadora.

Antes, é necessário atentar para algumas questões, conforme pontua a chefe do Núcleo de Alimentação e Nutrição da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), Deltirene Cardoso. “Ressaltamos que uma mãe não pode amamentar diretamente o filho de outra, pois o ato traz diversos riscos ao bebê, podendo transmitir doenças infectocontagiosas como a aids, por exemplo”, destaca.

Por isso, no BLH o leite doado é selecionado, classificado e tratado, ou seja, pasteurizado, que é o processo de eliminação de bactérias e de outros riscos à qualidade do líquido.

Então, a partir do contato telefônico é realizada a triagem, que é um cadastro da potencial doadora, e, na sequência, são agendados e realizados exames para garantir a segurança do bebê que receberá o leite. Após os procedimentos, é feita a entrega de frascos esterilizados, bem como é realizada a orientação para a coleta e armazenamento do leite.

“Posteriormente, quando os potes estão cheios, ou já tiver passado nove dias da primeira coleta, a doadora avisa o banco de leite. Então, os frascos cheios são recolhidos no domicílio, respeitando as condições-padrão de refrigeração, transporte e armazenamento”, explica Deltirene Cardoso.

Em 2020, o BLH assistiu aproximadamente 652 recém-nascidos de baixo peso, internados na UTI neonatal e distribuiu 696 litros de leite humano, em Rio Branco.

Com informações da Agência de Notícias do Acre.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas