Conecte-se agora

Produtores e governo discutem prejuízos devido as enchentes

Publicado

em

Produtores perdem produção em enchente na zona rural de Manoel Urbano – Foto: Reprodução/ilustração

As enchentes que assolam 10 municípios acreanos não prejudicam apenas quem é obrigado a sair de casa que é invadida pela água. O momento é também de prejuízo para centenas de produtores rurais que cultivam suas produções agrícolas às margens dos rios.

Muitos produtores familiares perderam tudo por causa da enchente. O trabalho de quase um ano inteiro, que representava a reserva financeira para custear as despesas da família, foi destruído pela força das águas.

O momento agora para quem está desabrigado é esperar o nível do rio baixar, fazer a limpeza, voltar para casa e reconstruir o que foi perdido. Já para quem perdeu sua plantação, é hora de pedir ajuda.

É o que será feito nesta sexta-feira, 26, em uma reunião que vai contar com representantes da Federação dos Trabalhadores Rurais do Acre (FETACRE), dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de Tarauacá, Sena Madureira e Feijó com Edivan Maciel, Secretário de Produção e Agronegócio do Acre. “Nossa intenção é que a Sepa e a Emater assumam o compromisso de levantar esses prejuízos causados pela enchente e oficialize esses dados para que possamos transformar esses números em um pedido de política pública de socorro aos produtores familiares”, afirma Antônio Sergioni, presidente da FETACRE.

Sergioni lembra ainda que muitos dos produtores possuem financiamentos e iriam usar a safra para pagar os bancos. “O pessoal esperava honrar esse compromisso com a safra que foi perdida. Piscicultura, banana, roça, tudo que se relaciona a produção familiar ribeirinha desses municípios foi destruída pelas enchentes”, afirma.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas