Conecte-se agora

Após polêmica, Policlínica da Polícia Militar diz que 18 estagiários foram vacinados

Publicado

em

Após a polêmica causada por uma foto divulgada por Dayanna Araújo, esposa do Coronel Ulysses Araújo, sendo vacinada contra a Covid-19, o que acabou fazendo com a que empresária fosse acusada de furar a fila da vacina no Acre, a Policlínica da PM, local onde Dayanna foi imunizada, divulgou uma nota.

A unidade de saúde explica que ao todo cerca de 130 profissionais estão na fila de vacinação para a primeira dose, entre policiais, médicos, odontólogos, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas e profissionais de serviços gerais. Até o momento 69 pessoas receberam o imunizante.

Diz ainda que 18 desses profissionais em fase de formação, que cumprem estágio na Policlínica, receberam a primeira dose da vacina CoronaVac, dentre eles, a formanda em psicologia, estagiária não remunerada da clínica, Dayanna Araújo.

Um informe técnico do Ministério da Saúde estabelece que devido a quantidade limitada de doses, o governo deve priorizar trabalhadores das instituições de longa permanência de idosos e de residências inclusivas (Serviço de Acolhimento Institucional em Residência Inclusiva para jovens e adultos com deficiência);

Profissionais que trabalham nos serviços de saúde públicos e privados, tanto da urgência quanto da atenção básica, envolvidos diretamente na atenção/referência para os casos suspeitos e confirmados de Covid-19; por fim, se ainda houver doses disponíveis, demais trabalhadores de saúde.

Sendo assim, apesar de a fase 1 incluir os profissionais de saúde, o governo orienta neste momento inicial, priorizar aqueles que estão mais expostos aos riscos, além das outras populações que fazem parte desta etapa. Os demais profissionais de saúde ainda serão vacinados na primeira fase, mas podem precisar aguardar o envio de novas doses aos estados.

Leia a nota da Policlínica da PM:

Sobre imunização contra a COVID-19, a Policlínica da Polícia Militar do Estado do Acre esclarece que:

– Atende com serviços de Saúde servidores militares e civis da Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC) e seus dependentes;

– Os atendimentos variam entre serviços odontológicos, ginecológicos, clínico geral, atendimento psicológico, de fisioterapia, assistência social e outros;

– No início da pandemia foi criado na clínica um serviço de atendimento médico e acompanhamento clínico direcionado aos profissionais civis, militares e seus dependentes que manifestam quaisquer sintomas da Covid-19.

– Ao todo, 130 profissionais que atuam na unidade estavam na lista da primeira fase de vacinação incluindo policiais, médicos, odontólogos, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas e profissionais de serviços gerais. Até o momento 69 pessoas receberam o imunizante;

– A clínica tem convênio com instituições de ensino superior, em que alunos de odontologia e psicologia atendem como estagiários não remunerados, beneficiando tantos os servidores, quanto seus familiares, ao colocarem em prática seus conhecimentos no período de estágio o que também favorece em muito os atendimentos diários da clínica;

– Dezoito (18) desses profissionais em fase de formação, que cumprem estágio na Policlínica receberam a primeira dose da vacina CoronaVac, dentre eles a formanda em psicologia, estagiária não remunerada da clínica, Dayana Menezes Soares de Araújo;

– Com a vacinação, asseguramos aos profissionais de Saúde da Policlínica, desde os mais antigos, aos jovens estagiários, segurança para a continuidade da prestação de serviços de Saúde, e a manutenção da capacidade de atendimento para a comunidade militar e seus dependentes.

Diretoria de Saúde da Polícia Militar do Estado do Acre

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas