Conecte-se agora

Facções comandam 12 mil no Acre

Publicado

em

O acreano já se acostumou com notícias trágicas envolvendo, principalmente, jovens da capital e interior. O assunto facção, assusta e escancara de vez uma realidade difícil de ser controlada. Os números trazem à tona momentos de dor, tristeza e sentimento de insegurança que já é parte do dia a dia.

Seria até injustiça creditar à pobreza e a falta de oportunidade, essa onda de incertezas que nos ameaça a todo momento.

O grito de socorro vem de todos os lados e por mais que em algum momento o chamado sentimento de calma prevaleça, é apenas de relance, sem força para nos estimular a ir para um passeio tranquilo no centro ou em qualquer outro bairro.

Compreendendo esse difícil convívio, o ac24horas foi até o bairro São Francisco, numa Igreja simples, erguida no fundo de um quintal, onde também abriga seu pastor, Arnaldo Barros, sua família, e outros seis agregados, ex-faccionados que hoje ajudam a manter a obra.

O videomaker Kennedy Santos, conversou também com o cabeça de umas das maiores facções de nossa cidade, esteve frente a frente com um dos homens mais temidos do crime.

No Ministério Público, ouviu o Dr. Bernardo Fiterman Albano, do GAECO, Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado. Os dados são positivos, no que diz respeito ao número de mortes violentas, mas também evidencia necessidades de investimento e pessoal. De 2016 até agora já encaminhamos para o presídio mais de 1600 pessoas. Elas foram condenadas em tempo que varia de 9 a 12 anos de reclusão. É o que determina a lei, disse o promotor. Assista ao vídeo!

video
play-rounded-fill

Acre 01

Vídeo: conheça a vida e a dura rotina dos pacientes que fazem hemodiálise no Acre

Publicado

em

Quando os rins falham por completo, a tarefa de filtrar as impurezas do sangue cabe à diálise. O procedimento de hemodiálise é realizado em Rio Branco, no Centro de Nefrologia do Acre, anexo ao Instituto de Ortopedia e Traumatologia (Into-AC).

Pelo menos 120 pessoas, de 15 a 80 anos, são atendidas diariamente no espaço, que cuida do tratamento das doenças renais.

Em um dos ‘vai e vem’ no espaço, está a servidora publica, Hortência Santos, que teve sua vida mudada há dois anos, quando foi diagnosticada com Covid-19.

Casada, mãe de três filhos e formada em radiologia, a paciente passa em média 15h no hospital. “Mudou a rotina da minha casa, do meu trabalho, porque eu tive que me afastar de tudo por conta disso”, disse.

Assim como outros pacientes, a aposentada Francisca Bernardo espera há muito tempo por um transplante, a demora já dura mais de 6 anos. Para ela, muitas vezes já perdeu a esperança.

“Já faz seis anos que eu estou lutando, a esperança é a última que morre, mas eu acho que não tenho chance. Não sei se é o governo que não se interessa ou se é falta de gente também”, apontou.

O videomaker Kennedy Santos foi até o Centro de Nefrologia para contar a história de algumas dessas duras rotinas de quem precisa passar pelo procedimento de hemodiálise. Além disso, abordou o trabalho de enfermeiros e trabalhadores que ajudam na recuperação e buscam amenizar a triste realidade.

Assista ao vídeo completo:

video
play-rounded-fill

Continuar lendo

Acre 01

Vendedor de picolé apaixonado pelo Flamengo tem mais de 120 camisas e sonha conhecer Zico

Publicado

em

Xapuri é conhecido por suas personalidades. O ambientalista Chico Mendes, o jornalista Armando Nogueira e o médico Adib Jatene, que foi Ministro da Saúde, são alguns dos nomes famosos da Princesinha do Acre.

Atualmente, a personalidade mais famosa quando se chega em Xapuri é conhecida como Flamenguista.

Isso mesmo, Flamenguista é como é conhecido em toda a cidade José Ribeiro da Silva. Não é difícil reconhecê-lo, basta procurar pela pequena cidade um vendedor de picolé vestido dos pés à cabeça com a camisa e as cores do Flamengo.

Nascido em um seringal, Flamenguista andava duas horas até a casa mais próxima para conseguir ouvir os jogos já que não possuía rádio. Aliás, o primeiro aparelho foi conseguido de forma inusitada. Flamenguista trocou o couro de uma onça pelo rádio para conseguir ouvir as partidas do time do coração.

O torcedor fanático tem mais de 100 camisas do Flamengo e na sua humilde casa o que não falta são produtos com as cores rubro-negras.

O videomaker do ac24horas, Kennedy Santos, foi até o município, que fica a 189 quilômetros da capital, mostrar o homem que dizem hoje ser mais conhecido do que o próprio prefeito da cidade.

ASSISTA AO VÍDEO:

video
play-rounded-fill
Continuar lendo

Destaque 4

Você sabe o que é Frisbee? Esse esporte é a nova mania entre jovens do Acre

Publicado

em

Essa semana o videomaker do ac24horas, Kennedy Santos, foi conhecer a prática esportiva do Ultimate Frisbee. A modalidade de esporte praticada com um disco é pouco conhecida no Acre, mas é mania nos grandes centros.

O ponto de encontro para a gravação do vídeo foi a quadra do Juventus, nas proximidades do Bairro Vila Ivonete, em Rio Branco, onde duas vezes por semana, mais de cinquenta atletas, entre meninos e meninas, se encontram.

Os treinos são mediados pelo professor Fabiano, que conheceu as regras do jogo por influência de um colega professor de educação física. “Júnior, apresentou o esporte pela primeira vez na escola pública, e eu tive a ideia de apresentar as pessoas que passavam pela rua”, disse Fabiano.

Assista ao vídeo e conheça a dinâmica das partidas que tem como principal objetivo, diversão e inclusão social.

ASSISTA AO VÍDEO DESTA SEMANA

video
play-rounded-fill

Continuar lendo

Acre

Servidores são homenageados com “cânticos” no Pronto-Socorro

Publicado

em

O videomaker do ac24horas, Kennedy Santos, mostrou em mais uma produção audiovisual, a homenagem de Natal recebida por servidores de saúde em seus locais de trabalho – no caso, no Pronto-Socorro de Rio Branco.

A ideia do grupo é levar por meio da música, mensagens positivas aos pacientes e servidores que ficam de plantão nas unidades hospitalares. “A ideia é contagiar”, explicou Weverton, servidor de saúde.

Jonnytha Lima, coordenadora do movimento, revelou que a música melhora a vida das pessoas. “Isso dá um up nas pessoas e é comprovado que a música auxilia no tratamento das pessoas”, declarou a enfermeira.

ASSISTA AO VÍDEO:

video
play-rounded-fill
Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.