Menu

Dívidas da Saúde e Segurança Pública são prioridades do governo

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

As dívidas adquiridas pelas pastas de Saúde (Sesacre), Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e Administração Penitenciária (Iapen) são as prioridades na lista de pagamento que já está na Casa Civil. Nesta segunda-feira, dia 08, o governador Gladson Cameli mandou publicar a revogação do decreto que impedia pagamentos de dívidas de outros governos.


Com a medida de Cameli, será possível, por exemplo, que o secretário de Saúde, Alysson Bestene, pague a dívida com a empresa Hemocardio, que realiza exames de cateterismo nos pacientes dos hospitais públicos do Estado. Já teve até morte de pacientes que esperavam pelo exame que só é feito pela empresa. Após isso, o serviço pode ser restabelecido.


Além disso, o presidente do Iapen, Lucas Gomes, poderá receber um incremento financeiro para repassar à empresa que monitora os presos no regime semiaberto e que utilizam a tornozeleira eletrônica. A empresa está com pagamentos atrasados e ameaça parar de trabalhar para o Governo do Acre a qualquer momento.

Publicidade

Ao revogar o decreto, Cameli justificou que por conta do quantitativo de documentos em avaliação, isso demandava muito tempo dentro da Controladoria Geral do Estado (CGE) e da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), atrapalhando o serviço e pausando outras demandas que precisavam de fluxo.


Agora, as avaliações poderão ser feitas por amostragem, ou seja, de forma mais geral, se a necessidade do detalhamento, um a um, como desejava antes de o governador acreano ao estabelecer a regra como forma de executar uma auditoria nas contas e nas dívidas adquiridas pelo poder público estadual.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido