Conecte-se agora

Bittar recebe apoio de Fernando Henrique Cardoso na disputa pelo governo do Acre

Publicado

em

Presidente do PSDB no Acre e pré-candidato do partido ao governo do Estado, o deputado Marcio Bittar se reuniu na terça-feira, 3, em São Paulo,  com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e recebeu dele apoio incondicional na eleição de outubro.  “O Acre tem todas as condições de avançar. Mas há momentos que para avançar realmente, é preciso dá uma sacudidela. Mudar. E o Márcio Bittar significa mudança. É um homem experiente e comprometido com seu povo”, afirmou Fernando Henrique Cardoso. Na conversa, Bittar comunicou oficialmente a FHC sua disposição de concorrer ao governo acreano.

Durante o encontro, que se estendeu por mais de uma hora e foi acompanhado pelo deputado estadual Major Rocha (PSDB), Fernando Henrique Cardoso recebeu o Título de Cidadão Acreano concedido pela Assembléia Legislativa do Acre. A comenda foi sugerida por Rocha, para, segundo ele, “reconhecer o trabalho daquele (FHC) que, durante seus dois mandatos de presidente da República, foi parceiro dos governos do Acre e ajudou tirá-lo do isolamento em que se encontrava”. Rocha ainda lembrou que foi FHC quem liberou os recursos para a construção das BR-364 (Rio Branco a Sena Madureira), da BR-317 (Rio Branco a Assis Brasil), e o Canal da Maternidade, além de outras obras importantes para os acreanos.

FHC_01
Ao receber o título, Fernando Henrique lembrou a Rocha e a Marcio Bittar ter “uma ligação próxima e afetiva com o Acre”.  Disse que essa relação é de cunho pessoal, já que sua mãe, Nayde Silva Cardoso, nasceu no Amazonas, estado vizinho ao Acre. Quando presidente da República (1995-2003), FHC deu atenção especial ao Acre – apoiou os governos de Orleir Cameli (já falecido) e do petista Jorge Viana – e esteve em visita oficial em Rio Branco, Cruzeiro do Sul e Xapuri.

“Tenho uma ligação direta com o Acre. E também tive a satisfação de ajudar o Estado a sair de um isolamento muito grande. Agora, espero que o Acre avance mais”, ressaltou Fernando Henrique no bate-papo com Marcio Bittar e Major Rocha. Na conversa, Bittar agradeceu o apoio de FHC à sua pré-candidatura e expôs suas propostas para governar e mudar o Acre.  Também expressou ao ex-presidente sua preocupação com o narcotráfico na Amazônia, notadamente na fronteira com o Acre, a construção da ponte do Rio Madeira, na BR-364, trecho Porto Velho-Rio Branco, para tirar o Estado definitivamente do isolamento, e as saídas para impulsionar o efetivo crescimento socioeconômico do Estado.

Segundo Bittar, o ex-presidente Fernando Henrique lhe assegurou que num provável governo Aécio Neves, “o Acre continuará a receber atenção especial, a exemplo do que ocorreu no seu governo”.  Ainda de acordo com Bittar, FHC demonstrou grande entusiasmo com a candidatura de Aécio à Presidência da República, e a sua ao governo acreano. “Sai do encontro com ex-presidente Fernando Henrique com mais vigor e vontade para a disputa de outubro”,  enfatizou Marcio Bittar.

Anúncios

Acre

Membros do CV que mantinham família refém dentro de caminhão baú são presos

Publicado

em

Uma ação rápida dos policiais militares da Força Tática do 1° Batalhão, com o apoio do GIRO, resultou na prisão de três criminosos e na apreensão de um adolescente de 16 anos, que estavam mantendo uma família refém dentro de um caminhão baú. A prisões ocorreram na BR-364, nas proximidades do Shopping Via Verde, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, o motorista do caminhão baú, sua esposa e filha trafegavam na BR-364 no sentido Rio Branco-Sena Madureira para deixar um carregamento de remédios e cigarros no município de Feijó. Na proximidades na estrada de Sena Madureira, em uma buraqueira, os criminosos se aproximaram do caminhão em um veículo modelo Ônix, de cor branca e renderam o motorista com sua família e os colocaram atrás do caminhão baú.

Um dos bandidos assumiu a direção do caminhão e juntamente com seus comparsas voltaram para Rio Branco na tentativa de deixar toda a mercadoria em um ramal na capital.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os policiais receberam uma denúncia anônima que tinha uma família refém em um caminhão baú de cor branca trafegando na BR-364. Nas proximidades do shopping Via Verde, os policiais encontraram o caminhão baú e conseguiram prender os quatros criminosos e resgatar o trabalhador com sua família.

Durante uma revista, foi encontrado em posse dos bandidos, uma escopeta calibre 20 com duas munições, uma espingarda de fabricação caseira adaptada para munição de calibre 38, quatro celulares e uma quantia de R$ 336,00 do motorista do caminhão.

Diante dos fatos, foi dado a ordem de prisão e os membros da facção foram encaminhados à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos.

Continuar lendo

Extra Total

Com aumento de 9,5% nas internações, Into tem apenas oito leitos de UTIs vagos

Publicado

em

A média de internações geral foi de 198 pacientes, observando-se, este sábado, 16, um aumento de 9,5% no total de internações em relação à média dos últimos 7 dias.

A taxa geral de ocupação de leitos de Unidade Tratamento Intensivo (UTI) exclusivos para pacientes com a Covid-19 no Acre está em torno de 61,5%. Os dados são do boletim deste sábado (16).

Segundo dados do boletim, foram identificados 213 pacientes internados nos estabelecimentos monitorados, dos quais 134 com teste positivo para Covid-19. Do total hospitalizado, 40 estão em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 165 em leitos em leitos (clínicos, obstétricos e pediátricos).

Na região do Baixo Acre, que engloba as cidades de Rio Branco, Sena Madureira, Plácido de Castro e Acrelândia, das 55 Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), 34 estão ocupadas, registrando uma taxa de ocupação de 61,8%. Destes 34 leitos de UTI ocupados, dois são do Pronto Socorro, que registrou 20% de ocupação e os outros 32 são do Into, que registrou 80% de ocupação.

Já a região do Juruá, que engloba Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Marechal Thaumaturgo, dos 10 leitos de UTI existentes, seis estão ocupados, registrando 60% de ocupação. Os leitos clínicos somam 95 e 29 estão ocupados, registrando 30,9% de ocupação.

Já regional do Alto Acre, que engloba as cidades de Brasileia e Epitaciolândia, 12 estão ocupados, num total de 18 leitos disponíveis. A regional do Alto Acre é a única que não tem leitos de UTI para a Covid-19.

Continuar lendo

Acre 01

Órgãos recorrem ao TRF1 para adiar Enem 2020 no Acre por direito à vida e saúde

Publicado

em

Um recurso em caráter urgente foi enviado ao Tribunal Regional da 1ª Região, em Brasília, neste sábado, 16, contestando a decisão judicial da 1ª Vara Federal do Acre que negou o adiamento da aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Acre, mesmo com todos os argumentos fáticos e jurídicos apresentados pelo Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) e Defensoria Pública da União (DPU).

No recurso, os autores mantém os mesmo argumentos da ação civil pública, enfatizando que manter a decisão, e portanto as datas de realização das provas, fragilizará, ainda mais, os  custosos  esforços  dos cidadãos acreanos no combate à pandemia da Covid-19.
Segundo os órgãos autores da ação, é incongruente colocar o direito ao prosseguimento da vida acadêmica em posição superior ao direito à vida e à saúde, além do mais, adiar em alguns meses a aplicação das provas não retira de ninguém a possibilidade de exercer o direito à educação.

O recurso também questiona a impossibilidade de se garantir que a circulação dos estudantes para a realização das provas não irá potencializar a o agravamento da pandemia, com consequentes e graves implicações para a saúde pública.

Diante dos argumentos utilizados na decisão judicial atacada no recurso, o MPF, MPAC e DPU pediram que o Tribunal Regional determine o adiamento da aplicação das provas agendadas para os dias 17 e 24 de janeiro, até que existam condições para que isto aconteça com segurança, conforme atestado por órgão técnico, ou, que sejam remarcadas para data futura com a possibilidade de novo adiamento em caso de continuidade da calamidade sanitária.

Continuar lendo

Acre

Movimento organiza carreata pedindo impeachment de Bolsonaro

Publicado

em

Na manhã deste sábado, 16, um grupo apartidário de acreanos começou a organizar, por meio das redes sociais, um movimento pedindo o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

No cartaz, o grupo marca uma carreata contra Jair Bolsonaro para o próximo sábado, 23, na rua Alameda Alemanha, ao lado da Uninorte, em Rio Branco. O grupo pede aos adeptos que vão de máscara e que levem cartazes contra Jair Bolsonaro.

O objetivo do movimento denominado de ‘Impeachment Já’, é protestar pela conduta de Jair Bolsonaro na pandemia da covid-19, na qual o presidente se referiu ao vírus como uma “gripezinha” e adotado uma conduta negacionista, inclusive, pressionando os profissionais de saúde a receitar medicamentos como hidroxicloroquina e ivermectina, que não tem eficiência comprovada para covid-19.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas