Menu

Justiça determina que governo do Acre melhore condições do hospital de Brasiléia

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Após acatar o pedido do Ministério Público Estadual (MPE), através da Ação Civil Pública nº 0001915-57.2012.8.01.0003, o juiz de Direito Clóvis Lodi, no exercício da titularidade da Vara Cível da Comarca de Brasiléia, determinou que Estado do Acre desenvolva uma série de medidas para garantir a eficiência do atendimento prestado no Hospital das Clínicas Raimundo Chaar – que atende às populações dos municípios de Brasiléia e Epitaciolândia.


Dentre as exigências está a garantia de manutenção do local de forma salubre; a manutenção de todos os setores da unidade de saúde em pleno funcionamento; providenciar a construção de um novo prédio e garantir o efetivo fornecimento de medicamentos e materiais de uso hospitalar.


Ao propor a Ação Civil, o MPE alegou que atualmente a unidade de saúde “beira o caos, tendo em vista falta de ambulâncias, de profissionais médicos, equipamentos e remédios, bem como a péssima gestão administrativa e precariedade do prédio, que se agravou após a alagação do ano de 2012”. Informações do site O Alto Acre.

Publicidade

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido