Menu

Dindim: “Se não quiserem os donativos do jogo, podem mandar para Feijó”

Da Redação da Agência ContilNet
Prefeito Dindim Pinheiro embarca na manhã deste domingo para passar 16 dias subindo o rio Envira/Foto: Wania Pinheiro


Em conversa com a Agência ContilNet na noite deste sábado (31), o prefeito de Feijó, Dindim Pinheiro (PSDB), disse que para acabar com a briga entre o governador Tião Viana e o senador Sérgio Petecão, ele iria colocar a prefeitura de Feijó à disposição para receber os donativos arrecadados  durante o Jogo da Solidariedade, ocorrido na noite desta sexta-feira (30) no estádio Florestão.
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

“Estou viajando na manhã deste domingo para passar 16 dias no rio Envira, onde iremos atender cerca de sete mil ribeirinhos, se ninguém quiser os donativos eu posso levar para distribuir entre as pessoas carentes que moram no interior”, sugere Dindim.
O prefeito disse que além de acabar com a briga que vem acontecendo entre o governador Tião Viana e o senador Sérgio Petecão, ainda vai poder ajudar os milhares de índios e agricultores que precisam de alimentos e roupas.
Na manhã deste sábado, Dindim enviou seis barcos carregados de médicos, dentistas, medicamentos e alimentos, que irão dar assistência ao programa Saúde Itinerante. Pelo menos sete mil pessoas que moram ao longo do rio Envira serão atendidas, garante o prefeito.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido